Os animais mais inteligentes do planeta

Pombos
Gatos
Porcos
Chimpanzés
Elefantes
Cavalos
Golfinhos
Corvos
Cães
Louros
Falcões
Orcas
Formiga
Ratos
Corujas
Esquilos
Pombos

Uma das habilidades mais surpreendentes destas aves é sua capacidade de lembrar de imagens e retê-las na memória durante anos. Também são auto-conscientes e capazes de percorrer longas distâncias até um destino concreto.

Gatos

Os gatos, podem sonhar, lembrar de coisas e aprender tarefas complexas. Sentem empatia e sabem quando os humanos estão doentes ou passam por problemas. O único inconveniente é que são incapazes de obedecer!

Porcos

Embora em alguns casos não pareça, o ser humano é o animal mais inteligente do planeta. Entretanto, outras espécies têm uma capacidade intelectual superior a que a maioria de nós imagina. Os porcos, por exemplo, possuem um instinto que permite sua adaptação a situações ambientais desfavoráveis. São capazes de aprender novas habilidades com facilidade.

Chimpanzés

Os chimpanzés e os grandes simios se comportam, em muitas situações, como nós. Sabem se organizar para governar seu arredor e utilizam ferramentas para alcançar seus objetivos.

Elefantes

O cérebro dos elefantes é muito grande, o que já os ajuda a ter uma inteligência maior que a média de outros animais. Esta espécie desenvolve relações sociais surpreendentes, andam em manadas e são capazes de sentir empatia. De fato, celebram funerais para os seus membros falecidos.

Cavalos

Os cavalos são inteligentes e também muito espertos. Possuem capacidades cognitivas avançadas e uma grande memória a curto prazo.

Golfinhos

Os golfinhos têm enormes habilidades para a comunicação. Os cientistas acreditam, inclusive, que são conscientes de sua própria existência e seriam capazes de se reconhecer diante de um espelho. São altamente sociáveis e podem solucionar problemas complexos.

Corvos

Os corvos têm sua própria linguagem e comportamento racional, além de serem empreendedores e capazes de realizar várias tarefas ao mesmo tempo. Aplicam a lógica para se adaptar ao ambiente onde estão, chegando a rivalizar com os chimpancés na hora de controlar a área.

Cães

O grau de inteligência dos cães varia com a raça: Border Collie, Pastor Alemão e Labrador Retriever estão no topo da lista. Em geral, são capazes de aprender novas tarefas com facilidade e responder aos ensinamentos humanos. São empáticos, compreensivos e se desenvolvem bem diante de situações extremas.

Louros

O fato de que possam falar, repetindo o que escutaram, é uma consequência de sua excepcional memória. Também são capazes de resolver problemas logísticos de alto grau de dificuldade.

Falcões

Antes dos pombos mensageiros, eram os falcões que exerciam de carteiros. São rápidos e têm uma alta capacidade de orientação. Podem acatar ordens e lembrar da geografia de um amplo território.

Orcas

A comunicação entre exemplares desta espécie esconde uma linguagem complexa que é utilizada para coordenar atividades grupais como viajar.

Formiga

Proporcionalmente, a formiga é o inseto com a maior massa cerebral do reino animal. Trata-e de um invertebrado inteligente, organizado e muito estrategista. Conta com hierarquias e sabe diversificar o trabalho. Além disso, é capaz de criar outros invertebrados para usá-los como alimento. Sua forma de coordenação é parecida a de um exército.

Ratos

Por que se usam estes animais em experimentos? Porque são extremamente inteligentes. Possuem memória a longo prazo, são intuitivos e se adaptam a qualquer ambiente. Também podem realizar tarefas cognitivas e imitar estratégias que veem dos humanos. Inclusive, antes de tomar uma decisão, contemplam várias opções.

Corujas

Desde a Antiga Grécia, as corujas são consideradas animais inteligentes. Estrategistas, silenciosas e donas das melhores vistas do reino animal. São capazes de calcular a distância entre o lugar onde estão até o ponto para onde estão olhando.

Esquilos

Os esquilos dedicam 90% de sua inteligência a procurar comida e se organizam de uma forma impressionante para isso. São capazes de imitar comportamentos e inclusive de roubar o sustento de outros animais para guardá-lo de reserva.

Más para ti