Ditos populares que já falamos errado

Ditos populares
Equívoco
Pérolas
Cor de burro quando foge
Corro de burro quando foge
Quem tem boca vai a Roma
Quem tem boca vaia Roma
Vaia
Quem não tem cão, caça com gato
Quem não tem cão, caça como um gato
Cuspido e escarrado
Esculpido em carrara
Esse menino parece que tem b i c h o no corpo inteiro
Esse menino parece que tem b i c h o carpinteiro
Hoje é domingo, pé de cachimbo
Hoje é domingo, pede cachimbo
Relax
Ditos populares

Os ditos populares são muito comuns e surgem em uma conversação, frase ou exclamação com o objetivo de dar efeito, alertar, informar ou explicar uma situação.

Equívoco

Entretanto, uma boa parte deles é aprendida de forma equivocada e reproduzida no decorrer dos tempos.

Pérolas

Na galeria a seguir, confira alguns ditos, que, errados ou não, quase todo mundo fala!

Cor de burro quando foge

Em princípio, “cor de burro quando foge” é aquela tonalidade de cor em que não se sabe expressar ou nomear, talvez um marrom, puxado para cinza e roxo… um mistério. Na falta de uma definição, eis a expressão.

Corro de burro quando foge

A expressão original é “Corro de burro quando foge” e não tem nada a ver com cor. Refere-se ao comportamento agressivo de um burro quando foge e a possibilidade de levar um coice, por isso, é melhor correr dele!

Quem tem boca vai a Roma

A expressão tem o significado de ir atrás de algo, conquistar um caminho, informar-se, falar, perguntar para conseguir um objetivo, inclusive, chegar à Roma.

Quem tem boca vaia Roma

Na verdade, a expressão original é "Quem tem boca vaia Roma" e nasceu, na antiguidade, devido ao comportamento dos imperadores romanos e a forma de governo que destruíram o império.

Vaia

Sendo assim, quem tinha boca, naquela época, vaiava Roma, como forma de protesto. Logo, o correto é “vaia” e não “vai a”.

Quem não tem cão, caça com gato

A afirmação popular tem como significado substituir uma situação por outra que não deu muito certo. Tentar alguma coisa de outra maneira.

Quem não tem cão, caça como um gato

A afirmação correta é “Quem não tem cão caça como um gato” e significa agir usando a inteligência, a astúcia de um gato. De fato, ao pé da letra, como seria caçar com um gato?

Cuspido e escarrado

Esta expressão é usada quando queremos dizer que uma pessoa é muito parecida com outra.

Esculpido em carrara

Com o tempo, o dito original "esculpido em carrara" não fugiu do seu significado. Na antiguidade, as esculturas chamavam atenção pela semelhança com as pessoas que representavam. Elas eram feitas em mármore carrara.

Esse menino parece que tem b i c h o no corpo inteiro

A expressão é usada para designar uma criança inquieta, muito agitada, que não para um minuto.

Esse menino parece que tem b i c h o carpinteiro

A sentença popularizou-se, o significado ficou o mesmo, mas os b i c h o s ficaram bem diferentes.

Hoje é domingo, pé de cachimbo

Seria bem pitoresco encontrar um pé de cachimbo, entretanto, a expressão faz parte de uma parlenda, um conjunto de palavras com arrumação rítmica em forma de verso.

Hoje é domingo, pede cachimbo

A expressão correta usada na composição não se refere a uma árvore e sim ao verbo pedir, logo a forma correta é: “Hoje é domingo, pede cachimbo”.

Relax

Mas, há quem se refira ao dito como, ao chegar o domingo, é o momento de relaxar, acender um cachimbo e curtir o dia de descanso.

Más para ti