Os Backstreet Boys não são mais assim

Tudo começou em 1993
Fenômeno dos anos 1990
Rumo a três décadas juntos
Envelhecendo como os bons vinhos
Alexander James McLean Fernández
Looks ousados
AJ, Ava Jaymes e Lyric Dean
Howard Dwaine Dorough
O eterno sorriso de Howie
Howie, Leigh, James e Holden
Juventude eterna
Nickolas Gene Carter
Disney ou BSB?
O caçula da banda
O apoio incondicional de Kevin
Nick, Lauren, Odin e Saoirse
Kevin Scott Richardson
Boa forma e presença de palco
A volta de Kevin
Kevin Richardson atualmente
Democrata assumido
Brian Thomas Littrell
Carreira gospel paralela
Choque político em BSB
O fim da Backstreet Boys?
Tudo começou em 1993

No dia 20 de abril de 1993, formava-se aquela que seria, anos depois, considerada a boy band mais bem-sucedida da história da música: a Backstreet Boys.

Fenômeno dos anos 1990

Formada por A.J. McLean, Howie Dorough, Brian Littrell, Nick Carter e Kevin Richardson, não lançaria seu primeiro álbum, Backstreet Boys, até 1996. O sucesso foi imediato e a boy band virou um fenômenos mundial.

Rumo a três décadas juntos

Durante este tempo na ativa, a Backstreet Boys ostentar um total de 130 milhões de discos vendidos, além do fato de ser a primeira banda em incluir seus sete primeiros trabalhos no Top 10 da lista Billboard.

Envelhecendo como os bons vinhos

Com o passar dos anos, não só a música como também o aspecto de seus integrantes evoluíram. E o que dizer dos looks? Ainda mais! Confira na galeria!

 

Alexander James McLean Fernández

AJ McLean é o segundo componente mais jovem da banda. Nasceu em janeiro de 1978 e virou um backstreet boy aos 15 anos. Ele e Howie foram os primeiros selecionados.

Looks ousados

AJ sempre chamou atenção por sua forma de vestir. Era comum vê-lo com cores diferentes de cabelo, roupa extravagante e folgada naqueles loucos anos 90. Tudo isso somado as suas mais de 40 tatuagens, que lhe davam destaque entre os colegas da banda.

AJ, Ava Jaymes e Lyric Dean

Atualmente, AJ McLean é um orgulhoso pai de família. Tem duas filhas, Ava Jaymes e Lyric Dean, fruto do seu casamento com Rochelle Deanna Karidis. Após reconhecer seus vícios e passar por duas reabilitações, cultiva uma invejável forma física.

Howard Dwaine Dorough

Howie Dorough chegou à banda através de AJ, embora fosse 5 anos mais maduro que o amigo. Nascido em agosto de 1973, Howie tem raízes latinas: sua mãe é porto-riquenha. Já seu pai era irlandês-estadunidense.

O eterno sorriso de Howie

Sua voz e seu estilo o transformaram no integrante mais romântico da Backstreet Boys. Isso sem contar com seu talento para dançar. Howie sempre foi um sorriso que deixou milhões de fãs apaixonados por ele.

Howie, Leigh, James e Holden

Atualmente, Howie D continua na banda e curte a família cuja maior alegria são seus dois filhos James Hoke (2009) e Holden John (2013), os autênticos protagonistas das suas redes sociais. Sua esposa é Leigh Boniello, desde 2007.

 

Juventude eterna

Apesar de estar a ponto de completar 50 anos, o cantor parece ser inerente ao tempo. Seu aspecto está praticamente inalterado!

Nickolas Gene Carter

O terceiro integrante selecionado por Lou Pearlman para compor a banda foi Nick Carter. Nasceu em janeiro de 1980 e tinha somente 13 anos quando subiu ao palco.

Disney ou BSB?

O que poucos sabem é que Nick Carter escolheu ser um backstreet boy no lugar de fazer parte do programa Mickey Mouse Club, onde já estavam Justin Timberlake, Britney Spears, Ryan Gosling e Christina Aguilera, entre otros.

O caçula da banda

Sem dúvida, Nick Carter foi a estrela que mais brilhou na boyband. Seu cabelo perfeitamente penteado, seus profundos olhos azuis e seu ar de bom menino conquistaram o mundo inteiro.

O apoio incondicional de Kevin

Nick Carter revelou no programa de Ellen Degeneres seus problemas com substâncias químicas e com o álcool. Foi graças a ajuda da sua mulher, Lauren Kitt, e a do amigo Kevin Richardson que conseguiu superá-los. De forma paralela à banda, aventurou-se na carreira solo mas não teve sucesso.

Nick, Lauren, Odin e Saoirse

Sua mulher, desde 2014, é Lauren Kitt, com quem tem dois filhos: Odin Reign (2016) e Saoirse Reign (2019). Nick Carter conserva todo seu sex appeal, a diferença é que aquele rosto angelical dos 90 se transformou no de um adulto interessante.

Kevin Scott Richardson

Após a incorporação de Nick, foi a vez de Kevin Richardson entrar na banda, aos 21 anos e com 1,87 metro de altura. Havia trabalhado no parque Disney World (Orlando), fantasiado de Aladdin. Também tinha feito parte do coral da Estill County High School, na sua terra natal, Kentucky.

 

 

Boa forma e presença de palco

A forma física de Kevin Richardson chamava a atenção. Havia jogado futebol americano e sua presença no palco era muito potente. Apesar de ser um dos integrantes favoritos dos fã, abandonou os colegas em 2006 para avançar em outro capítulo de sua vida, segundo explicou no site da banda.

A volta de Kevin

Quatro anos depois, Oprah Winfrey reuniu todos os os integrantes da banda no seu programa, onde cantaram 'I want it that way'. Em 2012, foi anunciado oficialmente o regresso de Kevin Richardson. Na mesma época, a Backstreeet Boys lançou o álbum 'NKOTBSB', em parceria com a New Kids on the Block.

Kevin Richardson atualmente

Os anos não fizeram nada mais que melhorar Kevin Richardson, nascido em 1971. O cantor continua fiel a seu cavanhaque e cuidando do corpo. É casado com Kristin Kay Willits, desde 2000, e tem dois filhos: Mason Frey (2007) e Maxwell Haza (2013).

Democrata assumido

Kevin Richardson é um democrata ativo, que não duvida em compartilhar opiniões políticas nas suas redes sociais. Foi exatamente uma delas a causadora de uma das maiores polêmicas envolvendo outro dos integrantes da banda: seu primo (!) Kevin Richardson.

Brian Thomas Littrell

Brian Littrell também nasceu em Lexington, Kentucky, assim como Kevin Richardson. Este foi quem o convidou para fazer um teste na banda, no qual arrasou, já que contava com sua experiência no coral da igreja de Lexington.

Carreira gospel paralela

Brian Littrell conseguiu conciliar o trabalho na Backstreet Boys com sua carreira solo na música gospel, da qual é uma referência.

Choque político em BSB

Há pouco tempo, Brian Littrell mostrou seu apoio a Donald Trump e chegou a pedir a seus seguidores no Twitter que o seguissem também na Parler, a rede social a onde foi parar a extrema direita, após o cancelamento da conta do ex-presidente dos Estados Unidos.

O fim da Backstreet Boys?

Dias depois, Kevin Richardson compartilhou um artigo, no Twitter, titulado: "Perdi um amigo por causa do QAnon". A estrela escreveu na legenda: "Interessante leitura". A partir daí, os rumores de uma possível separação da banda espalharam-se. Até o momento nada foi confirmado por seus integrantes.

Más para ti