Paris: 15 lugares secretos que você precisa conhecer!

Os lugares escondidos da cidade da luz
A casa de Nicolas Flamel
A Pedra da Bruxa (Le Rocher de la Sorcière)
Rue Cremieux
As passagens
A Arena de Lutèce
A grande Mesquita de Paris
O Museu Antoine Bourdelle
A Corte de Rohan
A casa de Serge Gainsbourg
A casa Loo
A igreja de Sainte-Odile
Rue Dénoyez
O bairro indiano
A Cidade Florida (Cité Florale)
O distrito de La Campagne em Paris
Os lugares escondidos da cidade da luz

Paris é mundialmente conhecida por seus pontos turísticos, tais como a Torre Eiffel, o Champs-Élysées, Montmartre e as margens do Sena. Mas a capital francesa tem inúmeros lugares secretos e inusitados. Selecionamos 15 deles na galeria! Confira!

A casa de Nicolas Flamel

A casa mais antiga de Paris está localizada no 3º arrondissement. Construída em 1407, pertencia a Nicolas Flamel, um burguês que, segundo a lenda, havia descoberto o segredo da pedra filosofal. O edifício foi convertido em uma pousada com o mesmo nome.

A Pedra da Bruxa (Le Rocher de la Sorcière)

Este imponente bloco de pedra é o que resta de uma antiga fonte, remanescente do velho maquis de Montmartre. Diz a lenda que a rocha era o lar de uma bruxa. Um dos lugares que compõem o encanto de Paris!

Rue Cremieux

A Rue Crémieux é, sem dúvida, uma das mais charmosas da capital, com seus paralelepípedos e suas casas coloridas.

As passagens

Paris tem muitos centros comerciais, que são como pequenas ruas cobertas, no meio da cidade. São as chamadas passagens: ideal para passear e fazer compras. Recomendamos, em especial, a Passage des Panoramas, na estação de metrô Grands Boulevards, e a Passage du Grand Cerf, perto da rue Étienne Marcel.

A Arena de Lutèce

Foi neste grande anfiteatro romano que os gladiadores lutaram, na época em que Paris ainda era chamada de Lutécia. Os restos do anfiteatro foram preservados, no meio de um jardim, perto da rue Monge, no Bairro Latino.

A grande Mesquita de Paris

Perto da Arena de Lutécia está a Grande Mesquita de Paris, cuja arquitetura moura e minarete se destacam, no coração do 5º arrondissement. O local de culto pode ser visitado e também é possível desfrutar de um bom chá de menta e de uma excelente pastelaria.

O Museu Antoine Bourdelle

O museu dedicado ao famoso escultor está localizado na rua no 15º arrondissement, perto da Torre Montparnasse, e apresenta aos visitantes coleções impressionantes.

A Corte de Rohan

Paris também está cheia de pequenos pátios escondidos, que permitem ir de uma rua a outra, às vezes, atravessando edifícios. Você pode atravessar, por exemplo, a Cour de Rohan, no 6º arrondissement, logo atrás do Procope, o restaurante mais antigo da cidade.

A casa de Serge Gainsbourg

Ainda na Margem Esquerda, no 7º arrondissement, está a casa onde Serge Gainsbourg passou os últimos anos de sua vida. Desocupada desde sua morte, está coberta de afrescos e palavras que prestam homenagem ao cantor. Nestas instalações, está em andamento um projeto para fazer o museu de Gainsbourg.

A casa Loo

No meio do 8º arrondissement, este pagode chinês vermelho se destaca dos edifícios Haussmannian que o cercam. Antiga residência de um colecionador, hoje abriga um museu de arte asiática.

A igreja de Sainte-Odile

Menos conhecida que a Notre-Dame ou a Sacré-Coeur, a igreja Sainte-Odile tem uma torre sineira, com 72 metros de altura, é a mais alta de Paris. Este edifício, construído no 17º arrondissement, é inspirado na arquitetura bizantina.

Rue Dénoyez

No 20º arrondissement, a rua Dénoyez é famosa por seus murais. Trata-se da quintessência da arte de rua feita em Paris!

O bairro indiano

Você provavelmente conhece o bairro chinês do 13º arrondissement, mas será que já foi também ao bairro indiano, do 10º arrondissement? Menos extensa, esta mini vizinhança, ao redor da Passage Brady, reúne a comunidade indiana de Paris e forma um pequeno recanto da Índia, entre Les Halles e a Gare de l'Est.

A Cidade Florida (Cité Florale)

Menos conhecida que Butte-aux-cailles, no 13º arrondissement, a Cité Florale é um microdistrito, não muito longe do Parc Montsouris. É composto por seis pequenas ruas de paralelepípedo, cada uma com o nome de uma flor, e suas casas tem uma fachada encantadora, todas floridas, é claro!

O distrito de La Campagne em Paris

Se estiver à procura de um pouco de verde e de calma, para descansar de uma cidade tão movimentada, o bairro de Campagne em Paris, no 20º arrondissement, é ideal! Oferece uma imagem completamente diferente da capital e de seus edifícios altos. Um distrito com a aparência de um pequeno vilarejo, com casas charmosas e ruas de paralelepípedo.

Más para ti