Os erros de ‘Friends’ que fingíamos não ver