Jamie Foxx: por trás do sucesso, uma vida dramática

Nem tudo é realmente o que parece
Jamie Foxx
Carreira de sucesso
'Django' e outras obras-primas
Multi-premiado
Talento também para a música
Escritor
Uma revelação do passado
Uma família com segredos
Abandono prematuro
Adotado
Sua avó também havia adotado sua mãe
Saudade de sua mãe biológica
Preocupações artísticas
Pianista
Ausência paterna
Distância de seu pai biológico
Tentativas de reconciliação
Outra perda dolorosa
Padrastro na prisão
Morando com George Dixon...
... e também com sua mãe
Medo da covid-19
A perda de sua irmã DeOndra
Fim do namoro com Katie Holmes
Divórcio opressor
Uma vida com luzes e sombras
Nem tudo é realmente o que parece

As vidas das estrelas de Hollywood parecem glamorosas e muito distantes da dos outros mortais. Mas, na maioria dos casos, seus problemas costumam ser os mesmos (ou até piores) que os do público que vai ver seus filmes.

Jamie Foxx

Por trás da fama e do sucesso, alguns intérpretes carregam histórias reais nem sempre tão felizes. É o caso de Jamie Foxx, nascido no dia 13 de dezembro de 1967, em Terrell, Texas (EUA), e cujo nome verdadeiro é Eric Marlon Bishop.

Carreira de sucesso

Qualquer um pensaria que o ator considera-se um homem de sorte por haver participado de algumas das produções de maior bilheteria da indústria cinematográfica.

'Django' e outras obras-primas

Basta relembrar sua atuação em sucessos como 'Colateral' (2004), 'Dreamgirls' (2006), 'Django Livre' ('Django Libertado', em Portugal), lançado em 2012, 'Annie' (2014) ou 'Homem-Aranha: Sem Volta para Casa' (2021).

Multi-premiado

O reconhecimento veio por sua interpretação de Ray Charles no filme biográfico 'Ray', de 2004, que rendeu-lhe um Oscar, um Globo de Ouro, o BAFTA e o Screen Actors Guild Award de Melhor Ator.

Talento também para a música

Mas não é só no cinema que Jamie Foxx é indiscutivelmente talentoso. Ele também pode orgulhar-se de haver ganhado um Grammy como músico!

Escritor

Além disso, é apresentador de televisão, empresário e, em outubro de 2021, publicou o livro 'Act Like You Got Some Sense'.

Uma revelação do passado

No livro, Jamie Foxx reúne suas memórias e narra um dos episódios mais difíceis que enfrentou na sua vida.

Uma família com segredos

Aos 5 anos de idade, o ator descobriu que quem ele acreditava ser sua irmã era, na verdade, sua mãe biológica. E sua suposta mãe era, realmente, sua avó.

Abandono prematuro

Seus pais, Louise Annette Talley Dixon e Darrell Bishop, separaram-se quando Jamie Foxx era apenas um recém-nascido.

Adotado

E como ele mesmo revelou, em 2005, em entrevista concedida à revista 'The Oprah Magazine', foi adotado por seus avós Mark e Estelle Marie Talley.

Sua avó também havia adotado sua mãe

Mas a história vai mais além, porque Estelle Marie Talley não era sua avó biológica. Ela havia adotado a mãe biológica do ator, Louise Annette, no passado.

Saudade de sua mãe biológica

Sua avó deu-lhe todo o amor que uma criança precisa, porém, o ator reconheceu para Oprah Winfrey que, às vezes, sentia falta de sua mãe biológica (foto), a quem considerava muito bonita e atraente.

Preocupações artísticas

“Minha avó tinha 60 anos quando me adotou”, disse o ator em entrevista à revista Time. Estelle tinha uma creche e ao perceber que Jamie era uma criança muito inteligente, preocupou-se em despertar nele o gosto pela arte.

Pianista

Assim, Jamie Foxx aprendeu a tocar piano ainda muito jovem e chegou a fazer parte da banda da Igreja Batista que frequentava. Mais tarde, toda sua dedicação ao instrumento serviu-lhe em sua carreira profissional.

Ausência paterna

Quanto a seu pai biológico, ele simplesmente nunca foi presente em sua vida. Robert Daniels, um dos treinadores do artista na época do colégio, revelou à revista GQ, em 2004, que Jamie sempre esperava que seu pai o visse competir. O ator jogou basquete e futebol americano.

Distância de seu pai biológico

Embora morassem perto um do outro, a relação com o progenitor era inexistente. Jamie Foxx já disse que talvez o fato de seu pai ser mulçumano e ele não seja um motivo para este afastamento.

Tentativas de reconciliação

Embora tenha havido várias tentativas de reconciliação, a relação entre pai e filho não foi fortalecida.

Outra perda dolorosa

Para piorar as coisas, seu pai e avô adotivo, Mark Talley, morreu quando Jamie Foxx tinha 17 anos, deixando-o absolutamente arrasado.

Padrastro na prisão

Outro difícil momento foi quando seu padrastro, George Dixon, foi preso por carregar $25 em substâncias ilegais. “Eu disse ao meu pai: 'Não posso ir vê-lo porque para mim você é um rei'”, reconheceu o ator, em 2020, no 'The Graham Norton Show'.

Morando com George Dixon...

George Dixon foi a pessoa que ensinou-lhe muito, e sua entrada na prisão marcou o ator profundamente. Tanto que, depois de cumprir 7 anos de condena, foi levado por Foxx para morar em sua casa, apesar de ele já estar divorciado de sua mãe.

... e também com sua mãe

Em 2005, Foxx quase não tinha relação com sua mãe biológica, apesar de seus esforços (ele sempre a convidava para sua casa no Natal e ela não vinha). Até que, em 2008, Louise Annette mudou de ideia, foi passar as férias de Natal com ele e não mais foi embora.

Medo da covid-19

Jamie Foxx produziu seu livro biográfico no meio da pandemia, um período que o marcou muito. "No início, eu estava obcecado com o plano 'afaste-se das janelas, a COVID-19 está lá fora'", reconheceu à Men's Health.

A perda de sua irmã DeOndra

Mas não foi difícil apenas por causa do medo de contágio. Sua meia-irmã DeOndra Dixon (que nasceu com Síndrome de Down) morreu, aos 36 anos, em outubro de 2020. Ambos eram muito unidos e o ator sofreu muito com sua perda.

Fim do namoro com Katie Holmes

E pouco antes de a pandemia começar, seu relacionamento com Katie Holmes, que havia começado em 2013, chegou ao fim. Foxx e a atriz  tinham sido forçados a viver o namoro de uma forma praticamente secreta.

Divórcio opressor

Isto porque o divórcio entre Holmes e Tom Cruise incluia uma cláusula que exigia à atriz não tornar público nenhum de seus relacionamentos amorosos até depois de cinco anos.

Uma vida com luzes e sombras

Apesar de tudo o que aconteceu ao longo da vida de Jamie Foxx por trás das câmeras, diante delas, ele conseguiu fazer rir e chorar milhões de pessoas no mundo.

Más para ti