Lembra de Samantha Fox? Veja como está hoje!

Samantha Fox, a estrela que foi (e ainda é)
O mito, a lenda
Nascida para ter sucesso
Estreia na TV
A rainha dos anos 1980
Hinos
E chega Sabrina Salerno
Sabrina e Samantha
As musas de uma geração
Famosa antes de ser artista
Fotos em jornal
Ela tinha apenas 16 anos
A rainha
Programada para seduzir
Uma gata no palco
Confirmação e explosão
Recorde absoluto de vendas
No time de estrelas
Três álbuns em três anos
Videoclipes
Aconteceu em Marbella
Rafi cruzou seu caminho
Declínio nos anos 1990
Ação familiar
Decadência
Uma década com mais sombras do que luzes
Um novo álbum
Uma penúltima tentativa
Novo amor
Adeus ao amor da sua vida
Álbum mais recente
Samantha e Sabrina juntas
Meio sucesso
Uma biografia
Revelações tristes
Relacionamento estável e casamento cancelado
Turnê em 2018
Participante de reality
Outros reality shows
Presença no Youtube
A rainha dos anos 1980
Samantha Fox, a estrela que foi (e ainda é)

Houve um tempo em que a simples menção de seu nome paralisava o mundo. Uma época distante, mas que ecoa até hoje. E, apesar de já se terem passado quase 40 anos de seu auge, o nome de Samantha Fox ainda é venerado e idealizado.

O mito, a lenda

No século XXI, o que sabemos sobre aquela Samantha Fox? O que aconteceu com a vida dela? Contamos tudo na galeria. Confira!

Nascida para ter sucesso

Nascida no nordeste de Londres em 1966, Samantha Fox teve a sorte de viver na era de ouro do pop, merchandising e hits inesquecíveis. Só era preciso vê-la por cinco segundos no palco para saber que ela tinha tudo para arrasar. E assim foi.

Estreia na TV

Aos 10 anos de idade, Samantha fez sua estreia como artista na BBC Play cantando 'No Way Out'. Gostou tanto da experiência que não hesitou em começar a fazer aulas de interpretação e canto.

A rainha dos anos 1980

Assim, com seu 1,55m de altura, ela estourou com vários singles, em meados dos anos 1980, que soaram até cansar, em todo o mundo.

Hinos

'Touch me' e 'Nothing's gonna stop us now' eram hinos pop que simbolizavam festa, mas também sensualidade e sedução. Além disso, sempre havia a possibilidade de a música vir acompanhada do seu videoclipe, o que significava ver uma das mulheres mais cobiçadas da época.

E chega Sabrina Salerno

Como se não bastasse, da bela Itália apareceu a "inimiga" perfeita para Samantha Fox: Sabrina Salerno.

Sabrina e Samantha

A beleza e talento de Sabrina permitiu à indústria fonográfica criar uma falsa rivalidade com Samantha Fox, algo que as levou ao Olimpo da música europeia (e ao que isso acarretava).

As musas de uma geração

As duas artistas monopolizaram c a p a s de revista, decoraram paredes de quartos e cadernos de adolescentes da época. Elas eram as musas da geração que teria mais liberdade, em todos os sentidos da História.

Famosa antes de ser artista

Embora seu primeiro single, 'Touch me', não tenha chegado até 1986, quando Samantha Fox tinha 20 anos, sua popularidade já era enorme há muito tempo.

Fotos em jornal

O fato é que Samantha Fox apareceu na página 3 do jornal 'The Sun', em 1983. Tratava-se de um espaço destinado a publicar fotos de mulheres sem roupa, e que lançou muitas delas à fama.

Ela tinha apenas 16 anos

Reza a lenda que Samantha Fox tinha 16 anos quando estampou a página 3 do 'The Sun', pela primeira vez. Por quase cinco anos, a cantora foi a protagonista do espaço que estava prestes a adotar o nome "The Fox Page".

A rainha

Quando 'Touch me' foi lançada, Samantha Fox já era a famosa mais fotografada e perseguida do Reino Unido, ao lado de Diana de Gales e Margaret Thatcher. Daí seu elevado nível de popularidade.

Programada para seduzir

O single, incluído no primeiro álbum de estúdio da cantora, foi a provocação transformada em música. Letras selvagens e atrevidas, refrão cativante e uma Samantha Fox totalmente dedicada sempre que se apresentava ao vivo.

Uma gata no palco

Sua voz e seus movimentos felinos deixavam qualquer um com a boca aberta. Era incrível que tivesse tantas habilidades no palco e na frente das câmeras.

Confirmação e explosão

Obviamente, 'Touch me' foi um sucesso retumbante, tanto no Reino Unido quanto nos Estados Unidos. Nascia uma estrela que havia nascido para ser uma estrela.

Recorde absoluto de vendas

A música ocupou a posição número 1 nas paradas de sucesso de 17 países e foi responsável da venda de 30 milhões de discos em todo o mundo.

No time de estrelas

Samantha Fox juntava-se assim a um time de estrelas como Kylie Minogue, Jason Donovan e Rick Astley.

Três álbuns em três anos

Tamanho era o sucesso da britânica que, em 1987 e 1988, foram lançados dois novos álbuns de estúdio: 'Samantha Fox' e 'I wanna have fun'. O tom era o mesmo, música chiclete e muito dançante.

Videoclipes

Obviamente, cada single de Samantha Fox foi acompanhado por um videoclipe, para o deleite da MTV e de seus milhões de telespectadores.

Aconteceu em Marbella

Durante a gravação de 'Nothing's gonna stop us now'' em Marbella, no sul da Espanha, a cantora se apaixonou pela cidade, onde não hesitou em comprar uma casa que, até hoje, ainda usa.

Rafi cruzou seu caminho

Foi em Marbella onde conheceu o toureiro Rafi Camino, com quem viveu o romance mais famoso da Espanha, no final do século XX. De fato, muitas pessoas passaram a questionar se era de verdade. Mas era.

Declínio nos anos 1990

Curiosamente, esse relacionamento marcou o declínio gradual de quem, às vezes, foi a estrela mais brilhante da cena pop. Na verdade, a década começou com notícias dolorosas para Samantha Fox: seu pai, que também era seu empresário, lhe havia roubado um milhão de libras.

Ação familiar

O processo judicial foi um escândalo, assim como a sentença, já que a cantora só recuperou 363 mil libras do dinheiro exigido.

Decadência

Paralelamente, seu quinto álbum, 'Just One Night', confirmou que o auge de Samantha Fox estava começando a ficar para trás. Ela tinha 25 anos e o sistema estelar já havia mostrado a porta de saída.

Uma década com mais sombras do que luzes

Além disso, Samantha Fox optou por: ir ao Festival Eurovision em 1995 (ficou em quarto lugar na pré-seleção); estrelar um filme de Bollywood, e aparecer nos tabloides britânicos, desta vez com roupas. Sua aventura sentimental com Paul Stanley, integrante da banda Kiss, também deu o que falar.

Um novo álbum

Embora tenha continuado a fazer shows e apresentar-se na televisão, Samantha Fox já havia se tornado um glorioso eco da década anterior. Algo que foi confirmado com seu sexto álbum, lançado em 1998, sete anos depois do anterior.

Uma penúltima tentativa

'21st Century Fox' abraçou uma eurodance enfraquecida e que também soava antiquada. Ritmos latinos estavam começando a ser tendência e seu álbum passou desapercebido.

Novo amor

Apesar de seu impacto nulo, Samantha Fox ainda tinha surpresas reservadas para o novo século. Em 2003, ela anunciou seu namoro com Myra Stratton, sua empresária.

Adeus ao amor da sua vida

O casal oficializou a união, que durou até 2015, quando Myra Stratton faleceu de câncer. Como a própria Samantha afirmou em várias entrevistas, Myra foi o amor de sua vida.

Álbum mais recente

O trabalho mais recente de Samantha Fox na música foi o álbum 'Angel With an Attitude', lançado em 2015. Nele, a cantora narra experiências pessoais difíceis, mantendo o toque eletrônico, mas com um ritmo mais melancólico.

Samantha e Sabrina juntas

Para a alegria dos eternos fãs, em 2010, ela decidiu convidar sua colega dos anos 1980, Sabrina Salerno, para cantar em dueto o hit da banda Blondie, 'Call Me'.

Meio sucesso

Não foi o sucesso esperado, mas proporcionou às duas artistas uma turnê interessante por programas de TV e países, mostrando que a nostalgia vende.

Uma biografia

Sua última aposta pública foi em 2017, quando publicou 'Forever', uma biografia em que revela terríveis momentos que sofreu ao longo de sua vida.

Revelações tristes

Maus tratos, um pai viciado e o assédio de seu ídolo David Cassidy foram algumas das revelações dos capítulos que compuseram o livro. A repercussão deveria ter sido maior, na verdade.

Relacionamento estável e casamento cancelado

Desde 2016, Samantha Fox está em um relacionamento com Linda Olsen. O casal teve que suspender o casamento por causa da pandemia.

Turnê em 2018

Apesar de estar "oficialmente" aposentada desde 2005, em 2018 lançou o single 'Hot Boy', que lhe rendeu uma turnê pela Europa, na qual relembrou seus maiores sucessos.

Participante de reality

Além disso, participou do 'Celebrity Big Brother 18', onde terminou em sétimo lugar, em uma edição que Stephen Bear venceu.

Outros reality shows

O Big Brother não foi o único reality por onde passou. 'Celebrity Wife Swap', 'Come Dine With Me' e 'I'm a Celebrity' também contaram com Samantha Fox.

Presença no Youtube

Além disso, a cantora tem um canal oficial no YouTube, que reúne partes de alguns de seus melhores shows. Imperdível para os nostálgicos.

A rainha dos anos 1980

Seja como for, o nome Samantha Fox estará sempre ligado aos dos mitos que marcaram várias gerações, seja no aspecto musical ou em outros.

Más para ti