Guta Stresser e outros famosos com esclerose múltipla

Bebel
Esclerose múltipla
Emoção
Desconfiança
Primeiros sintomas
Zumbido
O diagnóstico
Sem chão
Medo
Para sempre
Tratamento
Mudança de hábito
Exercícios
Cláudia Rodrigues
Selma Blair
Dores
Transplante
Jack Osbourne
Depressão
Christina Applegate
Jamie-Lynn Sigler
Art Alexakis
Bebel

Conhecida na telinha por sua inesquecível personagem Bebel, em "A Grande Família", a atriz Guta Stresser (49 anos) tem agora um novo desafio para enfrentar: a esclerose múltipla.

(Foto: Divulgação / TV Globo / Alex Carvalho)

Esclerose múltipla

A esclerose múltipla é uma doença neurológica desmielinizante, autoimune e crônica provocada por mecanismos inflamatórios e degenerativos.

(Foto: Divulgação / Rahael Castello)

Emoção

Em entrevista à revista Veja, Guta Stresser falou sobre o assunto em um depoimento emocionante.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Desconfiança

Guta contou que desconfiava que algo não ia bem quando participava do quadro 'Dança dos Famosos' no ‘Domingão’: "Parecia tudo normal até que, durante os ensaios, eu passava a coreografia e, quando terminava, não lembrava de mais nada, nada mesmo. Não entendia o motivo, sempre tive facilidade para essas coisas. Mas meu quadro foi se agravando.”

(Foto: Reprodução / Gshow)

Primeiros sintomas

Logo nos primeiros sintomas, ela contou: "Comecei a esquecer palavras bem básicas, como copo e cadeira. Se ficava duas horas parada assistindo a um filme na TV, logo sentia dores musculares. Tinha formigamentos frequentes nos pés e nas mãos, enxaquecas fortíssimas e variações de humor.”

(Foto: Reprodução / Instagram)

Zumbido

E completou: “O pior era um zumbido constante no ouvido. Parecia que havia ali um fio desencapado, provocando um curto-circuito na minha cabeça".

(Foto: Reprodução / Instagram)

O diagnóstico

Guta revelou que, após levar um tombo na sala de casa, decidiu procurar ajuda médica, e, após uma ressonância magnética, recebeu o diagnóstico.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Sem chão

A atriz também contou à revista Veja que, no primeiro momento, a notícia soou como uma bomba: “Perdi o chão na mesma hora. Nem sabia direito o que era aquilo, só que afetava o cérebro, e só isso me soou aterrorizante.”

(Foto: Reprodução / Instagram)

Medo

“Tive muito medo. Pela minha cabeça se desenrolava um filme em que eu ficava completamente incapacitada,” reconheceu à publicação.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Para sempre

"Sei que vou ter de conviver com a esclerose múltipla para o resto da vida. Que ela seja longa e plena. Cada dia que passa tem aquele gosto de uma pequena vitória", desabafou Guta à Veja.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Tratamento

Entretanto, com a ajuda de uma equipe médica, a atriz compreendeu que não se trata de uma sentença de morte, e, apesar da doença não ter cura, existe sim tratamento.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Mudança de hábito

Guta ainda revelou na mesma entrevista que foi obrigada a mudar os hábitos da sua rotina e que tem feito o tratamento com um remédio caríssimo, que consegue graças ao SUS.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Exercícios

"Hoje pratico ioga, mudei a alimentação para melhor e faço todo tipo de exercício para o cérebro — de leitura de livros a palavras cruzadas", disse.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Cláudia Rodrigues

Alguns famosos convivem com a esclerose múltipla há algum tempo, como é o caso da atriz Cláudia Rodrigues. Atualmente, ela dedica-se ao tratamento convencional e complementar (com CBD e fisioterapia).

(Foto: Reprodução / Instagram)

Selma Blair

A atriz Selma Blair mostrou através do documentário ‘Introducing, Selma Blair’ um olhar íntimo sobre como tem sido a vida após ser diagnosticada com a doença, em 2018.

Dores

No início a atriz sofreu com dores intensas e incapacidade física, incluindo dificuldade para falar e perda dos movimentos da perna esquerda.

Transplante

Recentemente, Selma Blair realizou um transplante de células-tronco e a doença entrou em remissão.

Jack Osbourne

O apresentador Jack Osbourne, filho do famoso astro do rock Ozzy Osbourne, foi diagnosticado com esclerose múltipla poucas semanas após o nascimento de sua filha.

Depressão

Segundo ele revelou ao programa 'Morning New Show', a maior luta, no seu caso, é contra a depressão, um efeito colateral comum da EM.

Christina Applegate

Christina Applegate foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2021, aos 49 anos. Aos fãs, ela contou no seu Twitter que a batalha tem sido um caminho estranho, difícil e pediu privacidade.

Jamie-Lynn Sigler

A atriz Jamie-Lynn Sigler estrelava a série 'Família Soprano' quando descobriu a EM. Entretanto, só compartilhou sua condição com o público quando  tinha 34 anos, revelando que estava em negação há muito tempo.

Art Alexakis

Art Alexakis, da banda Everclear, revelou seu diagnóstico em 2019, quando tinha quase 50 anos. O músico só contou alguns anos depois de ter descoberto. Enquanto isso, estava em turnê e fazendo novas músicas sem mostrar sinais externos da doença.

Más para ti