Famosos brasileiros que já foram presos

Detidos
Belo
Acusações
Romário
Renner
Segunda vez
Marcello Antony
Fundo do poço
Caco Ciocler
Fábio Assunção
Fiança
André Gonçalves
Tornozeleira
César Cardadeiro
Dado Dolabella
Bad Boy
Rafael Ilha
Explicações
Sequestro
Fabrício Boliveira
Rita Lee
Charles Paraventi
Caetano Veloso
Gilberto Gil
Chico Buarque
Tiago Lacerda
Detidos

São famosos e queridos pelo público, mas, por algum motivo, foram detidos e talvez você não sabia! As situações são as mais diversas. Descubra na galeria!

Belo

Não foram simples as acusações que levaram Belo para a cadeia. O pagodeiro foi preso em 2004 e condenado a cumprir 8 anos de prisão. Destes, ele cumpriu 4 encarcerados e os outros quatro no regime aberto.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Acusações

Nos crimes pelos quais cumpriu pena estão: tráfico de drogas, porte ilegal de armas e associação para o tráfico.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Romário

O ex-jogador foi detido no ano de 2009, pelo não pagamento de R$ 89 mil referentes à pensão alimentícia dos seus dois filhos, com sua ex-mulher, Mônica Santoro.

 

Renner

O sertanejo da dupla Rick e Renner foi preso, em 2014, após bater em um carro, em São Paulo, sob suspeita de estar alcoolizado, e tentar a fuga.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Segunda vez

Mas, esta não foi a primeira vez que o cantor se envolveu em situações dessa natureza. Em 2001, Renner foi condenado a indenizar a família de duas vítimas fatais, após um acidente em que ele trafegava em alta velocidade, numa rodovia do interior de São Paulo.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Marcello Antony

O galã foi preso em 2004, quando flagrado pela polícia comprando m a c o n h a em Porto Alegre. Na época, ele tentava adquirir 100 gramas da erva, o que, nessa quantidade, no Brasil, é considerado tráfico.

(Foto: Divulgação / TV Globo)

Fundo do poço

Antony aprendeu a lição e, em entrevista ao portal Terra, afirmou: “Estava no fundo do poço, não tinha para onde ir. O chão onde estava me serviu como mola para eu ir lá para cima e ver tudo com clareza".

(Foto: Reprodução / Instagram)

Caco Ciocler

Durante uma blitz, em 2007, Caco Ciocler foi pego em flagrante portando m a c o n h a. O ator afirmou não ter conhecimento do produto, que supostamente estava na sua mochila, e disse que o volume pertencia a um amigo.

(Foto: Divulgação / TV Globo)

Fábio Assunção

O ano de 2017 foi uma época obscura na vida do ator Fábio Assunção. Mergulhado no mundo dos vícios, complicou-se ao arrumar confusão na cidade de Arcoverde, interior de Pernambuco.

(Foto: Divulgação / TV Globo)

Fiança

Na ocasião, o ator foi preso por dano qualificado ao patrimônio público, resistência à prisão e desacato a autoridade. Já em 2018, Fábio foi autuado por embriaguez ao volante.

(Foto: Reprodução / Instagram)

André Gonçalves

Em 2018, André Gonçalves foi preso quando estava em um bar e se envolveu em uma confusão. Na ocasião, o ator que discutia por uma conta de R$ 200, chegou a chutar um veículo estacionado e ainda xingou os policiais.

(Foto: Divulgação / TV Globo)

Tornozeleira

Em 2021, André Gonçalves teve a prisão decretada pela justiça do Rio de Janeiro. Isso porque não pagou (durante alguns anos) a pensão alimentícia da filha que ele tem com Cynthia Benini. Resultado: tornozeleira eletrônica. Em julho de 2022, ele foi preso, durante algumas horas, pelo mesmo motivo.

(Foto: Reprodução / Instagram)

César Cardadeiro

César foi detido pela polícia em 2013 sob acusação de resistência à prisão, desobediência, lesão corporal e invasão domiciliar. Além disso, ele agrediu um policial, ao chegar na delegacia, o que obviamente, gerou mais complicações.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Dado Dolabella

Apesar de levar a bolada do prêmio da primeira temporada de ‘A Fazenda’, Dado Dolabella já teve sérios problemas com a justiça por não pagar pensão alimentícia em 2018.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Bad Boy

Em 2010, Dado Dolabella foi preso por porte de m a c o n h a, em uma blitz do Rio de Janeiro. Além desses casos, o ator enfrentou ao menos cinco processos envolvendo diversas questões.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Rafael Ilha

A carreira do ex-polegar, Rafael Ilha, declinou completamente depois que ele teve graves problemas de dependência química. Sua primeira detenção foi em 1998, por tentativa de assalto.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Explicações

O campeão de ‘A Fazenda’, em 2018 também já teve que dar explicações sobre supostas irregularidades com a placa do carro, além de receber mandado de prisão por não informar à justiça sobre uma mudança de endereço.

Sequestro

Em 2014 chegou a ser preso por tentativa de sequestro e por porte ilegal de armas. Ao todo, Ilha tem mais de 7 mandados de prisão.

Fabrício Boliveira

Em 2010, o ator Fabrício Boliveira foi detido por porte de entorpecentes. Na ocasião, ele foi abordado pela polícia, que comprovou a presença da droga em seu automóvel.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Rita Lee

A diva do rock foi presa em 1976 quando policiais fizeram uma revista em sua residência e encontraram drogas. Na época, ela alegou que a mercadoria era de amigos e fãs.

Charles Paraventi

Em 2004, o ator foi acusado de agredir uma estudante em uma pizzaria no Rio de Janeiro, mas não foi preso. Entretanto, em 2006, sim, e duas vezes: por porte de drogas e corrupção ativa.

Caetano Veloso

A época da ditadura militar no Brasil foi um período de muita dificuldade, principalmente no campo das artes. Em 1968, Caetano Veloso foi preso por supostas ofensas à bandeira nacional.

Gilberto Gil

Quem também foi vítima do sistema dessa época foi Gilberto Gil. O cantor e compositor foi preso pelo mesmo motivo de Caetano (supostas ofensas à bandeira nacional). A prisão foi motivo para que os dois seguissem para o exílio.

Chico Buarque

Chico Buarque e um amigo foram presos em flagrante, no ano de 1961, roubando um carro para dar algumas voltas pela madrugada. Na época, ele tinha 17 anos e ficou em liberdade condicional por 6 meses.

Tiago Lacerda

Em 2019, Tiago Lacerda detido por porte ilegal de droga. Mo ano seguinte, livrou-se do processo e teve o caso arquivado porque a quantidade de entorpecente encontrado com ele foi considerada pelos oficiais “ínfima”.

Más para ti