Entenda os recentes problemas de saúde de Celine Dion!

Mais cansada do que nunca
Cancelando e adiando shows
Ela quer estar 100%
Incentivo dos fãs
Espasmos musculares
Celine Dion não se manifestou muito
Médicos avaliam os problemas de saúde de Celine
Normalmente não é motivo de preocupação
O estresse está por trás de seus problemas de saúde?
Outras possíveis causas
Condições mais graves também são possíveis
Um filme biográfico
Origem
Apoio da família
Primeira canção
Disco de ouro
Canta na frente de João Paulo II
Mudança de imagem
Ela moderniza seu estilo musical
Vencedora do Festival Eurovisão da Canção
Primeiro álbum em inglês
Três semanas de silêncio
Entre as grandes estrelas
Reconhecida nos Estados Unidos
Relacionamento com René
Casamento
Álbum ao vivo
D'eux
Álbum em francês mais vendido da história
Falling into You
Prêmio Grammy
Exausta
Tell Him
My Heart Will Go On
If it was enough to love
Tour de despedida
100 milhões de álbuns vendidos
Nascimento de René-Charles
Com Garou
Homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro
A new day has come
Caesars Palace
1 fille & 4 types
Calçada da Fama
Miracle
Uma segunda gravidez
Duetos de peso
Companheira da Ordem do Canadá
Doença
Las Vegas
Morte trágica de René
Ashes
Carpool Karaokê
Melhoras, Celine!
Mais cansada do que nunca

Já faz algum tempo que as notícias publicadas em alguns meios de comunicação sobre a diva não são boas… Na verdade, ela acaba de adiar, de novo, todos os seus shows da turnê europeia. O que aconteceu?

Cancelando e adiando shows

Em um video que postou no seu perfil do Instagram, Dion mandou uma mensagem para seus fãs: "Bom, aqui estamos outra vez. Eu sinto muito por ter que mudar os planos da turnê na Europa de novo. Primeiro, tivemos que mudar as datas dos shows por causa da pandemia, e agora, são meus problemas de saúde que estão me obrigando a adiá-los novamente. Infelizmente, teremos que cancelar alguns também."

"É muito frustrante para mim"

A cantora, conhecida mundialmente pela música 'My Heart Will Go On', continuou: "A boa notícia é que eu estou melhorando um pouco, embora bem devagar. É frustrante para mim. Estou recebendo o tratamento adequado por parte dos médicos, tomando a medicação correta, mas ainda assim, tenho alguns espasmos e está demorando muito mais do que imaginávamos para eu melhorar".

Ela quer estar 100%

"Eu sei que vocês devem estar desapontados por tudo isso e também, por estar esperando há tanto tempo. Porém, o único que posso dizer é que estou fazendo o melhor que eu posso para poder voltar ao ponto que eu preciso estar e dar 100% de mim nos meus shows, porque é isso que vocês merecem."

Incentivo dos fãs

Apesar das notícias decepcionantes, Celine recebeu um grande apoio dos fãs e de estrelas como Sam Heughan, que escreveu: "Muito amor para você, Celine!". Já Brian Kelly acrescentou: "Vale a pena esperar por todas as coisas boas! Nós AMAMOS você, e sabemos que você vai superar tudo isso e sair mais forte do que nunca."

 

Espasmos musculares

Os fãs ficaram preocupados no final de 2021, quando Celine Dion cancelou sua agenda em Las Vegas devido a problemas de saúde, afirmando que ela tinha “espasmos musculares graves e persistentes”.

"Meu coração está partido"

No Instagram, a cantora falou de sua tristeza por não poder honrar seus compromissos com os fãs: “Meu coração está partido por esta decisão.
Minha equipe e eu estamos trabalhando em nosso novo show há 8 meses e não poder subir ao palco me entristece além das palavras”.

Celine Dion não se manifestou muito

Dion recentemente completou 54 anos e, até pouco tempo atrás, manteve discreção sobre seus problemas de saúde, apesar das preocupações dos fãs. A única informação real que receberam antes da atualização mais recente foi quando a irmã de Celine, Claudette, falou com a revista francesa Voici.

"Triste, mas não é sério"

Claudette contou à revista francesa que o estado de saúde de sua irmã não era tão preocupante: "O que está acontecendo com ela é triste. Mas não é sério".

Médicos avaliam os problemas de saúde de Celine

Para a revista Hello!, os médicos Ahmed El Muntasar e Giuseppe Aragona falaram sobre o estado de saúde da cantora.

Normalmente não é motivo de preocupação

"Os espasmos musculares geralmente não são motivo de preocupação e podem ocorrer por vários motivos, o que muitas vezes dificulta a identificação do problema", disse o Dr. Giuseppe Aragona à revista 'Hello!'.

O estresse está por trás de seus problemas de saúde?

De acordo com o Dr. Ahmed, "pode haver uma variedade de causas para espasmos musculares persistentes". Uma dessas condições é o estresse, o que muitas vezes é inevitável para uma superestrela como Celine Dion.

Outras possíveis causas

Os médicos que conversaram com a revista Hello! afirmaram que outros problemas simples, como anormalidades eletrolíticas, desidratação e excesso de exercícios também podem provocar espasmos musculares.

Condições mais graves também são possíveis

Porém, os sintomas de Celine poderiam ser um sinal de um desequilíbrio mais grave. Dr. Giuseppe Aragona afirmou à Hello!: "Espasmos musculares podem ser uma indicação de uma condição de saúde ou doença subjacente, como doenças da tireoide ou esclerose múltipla."

Um filme biográfico

Por outro lado, enquanto aguardam a recuperação de Celine Dion, os fãs poderão conferir, em breve, toda sua história no filme biográfico 'Aline', dirigido por Valérie Lemercier. Por aqui, também relembramos sua trajetória. Confira!

Origem

Celine Dion nasceu em Charlemagne, Quebec (Canadá), no dia 30 de março de 1968. Ela é a mais nova de seus catorze irmãos. Seu primeiro nome é uma homenagem à música de Hugues Aufray 'Céline'.

Apoio da família

Aos quatro anos, ela ganhou seu primeiro clarinete. Seus irmãos e irmãs a incentivaram a trabalhar sua voz, que sempre se destacou. Assim, Celine começou a fazer cursos na Academia de Arte Lírica.

Primeira canção

A primeira música que Celine Dion gravou em um estúdio foi 'Ce N'etait Qu'un Rêve', escrita em parceria com sua mãe. A cantora enviou o material ao produtor René Angélil e, em 1981, aos 13 anos, lançou seu primeiro álbum, 'La voix du bon Dieu'.

Disco de ouro

Seu primeiro single foi lançado na França em 1982 e  teve sucesso internacional. É quando Celine Dion conquista seu primeiro disco de ouro em Quebec. Também será premiada no Festival Mundial da Canção Popular, em Tóquio. Nesta época, Celine largou a escola.

Canta na frente de João Paulo II

Em 1984, ela gravou 'Du soleil au cœur', um álbum em francês. Apresentou-se para 65.000 pessoas, durante a visita do Papa João Paulo II a Montreal, cantando 'A Dove'. Mais tarde, a música estourou no Canadá. No mesmo ano, Celine Dion fez uma turnê na França.

Mudança de imagem

Apesar disso, ainda precisava ganhar popularidade no resto do mundo e, por isso, seu mentor René Angélil a aconselha a fazer aulas de inglês e mudar sua imagem. Celine Dion melhora, inclusive, os dentes.

Ela moderniza seu estilo musical

Com um novo visual e um estilo musical mais comercia, Celine Dion faz seu retorno em 1987. Assina um contrato com a CBS, a futura Sony Music e lança o álbum 'Incognito', assinado por Luc Plamondon.

Vencedora do Festival Eurovisão da Canção

Em 1988, ela é selecionada para participar do grande festival de música europeu, em Dublin. Representou a Suíça, com a canção "Ne partez pas sans moi", que fazia parte de sua nova obra. Ganhou o concurso e assim ficou conhecida no velho continente.

Primeiro álbum em inglês

Em 1990, ela lançou seu primeiro álbum em inglês, 'Unison', que alcançou o 4º lugar na Billboard americana H o t 100, em março de 1991.

Três semanas de silêncio

Em 1990, ela começou a turnê de seu álbum 'Unison' no Canadá. Até que perdeu a voz e foi diagnosticada com nódulos. As opções eram: ou fazer uma cirurgia que poderia tornar sua voz mais rouca e grave, ou ficar em silêncio absoluto por três semanas. E foi esta última a escolhida pela cantora.

"Ziggy"

Em 1991, ela comemorou seus dez anos de carreira. Para a ocasião, lançou o álbum 'Dion chante Plamondon', onde prestou homenagem ao compositor canadense do musical 'Starmania', Luc Plamondon. O artista escreveu várias canções para Celine Dion.

Entre as grandes estrelas

Seu segundo álbum em inglês foi lançado em 1992: 'Celine Dion'. Nele, está presente a música-tema do filme 'A Bela e a Fera', que ela canta com Peabo Bryson. Em 1993, já subia ao palco com grandes estrelas como Gloria Estefan, Mariah Carey, Aretha Franklin, Carole King e Shania Twain.

Reconhecida nos Estados Unidos

Então, em 1993, veio outro álbum em inglês, 'The Color Of My Love'. Desta vez, vendeu 10 milhões de cópias, tornando Celine Dion uma das poucas artistas canadenses conhecidas nos Estados Unidos.

Relacionamento com René

Em 1993, ela perdeu uma de suas sobrinhas, que sofria de fibrose cística. Foi então que se envolveu em causas filantrópicas para ajudar crianças doentes.

Casamento

No ano seguinte, em 1994, formalizou sua união com o produtor René Angélil, com quem permaneceu durante 22 anos.

Álbum ao vivo

1994 é o ano de seu retorno à França. Ela grava um disco ao vivo do seu show no famoso teatro Olympia, de Paris. Dois anos depois, encontra-se com Jean-Jacques Goldman (foto), em Cannes.

D'eux

Impressionado com seu talento, Jean-Jacques Goldman compõe doze faixas para ela, que foram reunidas no álbum “D'eux”. Foi o disco em francês mais vendido de todos os tempos: mais dez milhões de cópias em todo o mundo.

 

Álbum em francês mais vendido da história

Na França, o álbum permaneceu em primeiro lugar por 44 semanas. O próximo single, 'Je sais pas', também ficou em primeiro lugar no Top 50.

 

Falling into You

Depois foi a vez do álbum 'Falling into You', lançado em 1996, fazer sucesso: 32 milhões de cópias vendidas.

Prêmio Grammy

'Because You Loved Me', tema do filme 'Íntimo & Pessoal', tornou-se sucesso mundial e ganhou o prêmio Grammy de Melhor Canção, além de ser indicada ao Oscar. O álbum do qual faz parte, 'Falling into You', é um dos mais vendidos da história.

Exausta

Famosa no mundo inteiro, Celine Dion passou a ter um ritmo de trabalho ainda mais intenso. Em 1996, exausta, ela decide tirar um ano sabático.

Tell Him

Em 1997, Celine Dion volta com o álbum 'Let's Talk About Love'. Encontramos aí o seu lendário dueto com Barbra Streisand, 'Tell Him' e também 'My Heart Will Go On', a música do filme 'Titanic'.

 

My Heart Will Go On

Com o sucesso do filme protagonizado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, a música 'My Heart Will Go On' rendeu à cantora milhões de cópias de discos vendidas e, claro, o Oscar de Melhor Canção Original, além de três Prêmios Grammy. Este é o seu maior sucesso.

If it was enough to love

Em 1998, Celine Dion lança o segundo álbum assinado por Jean-Jacques Goldman: 'If it was enough to love'. Depois de 'D'eux', tornou-se um dos discos em língua francesa mais vendidos do mundo.

Tour de despedida

No auge da carreira, Celine Dion decide fazer uma pausa para dar à luz seu primeiro filho. Mas, antes, ela fez uma turnê de despedida pelos estádios europeus e lançou sua primeira compilação 'All The Way… A Decade Of Song'.

100 milhões de álbuns vendidos

Em 1999, ela recebeu um prêmio especial de sua gravadora por ter vendido mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo.

Nascimento de René-Charles

Em 25 de janeiro de 2001, nasceu seu primeiro filho, René-Charles.

Com Garou

Em 2001, ela participou do primeiro álbum de Garou, artista protegido de René Angélil. Juntos, eles cantam 'Sous le vent', que ganha o disco de diamante na França.

Homenagem às vítimas dos atentados de 11 de setembro

Cantou 'God Bless America' durante um programa na televisão americana, para homenagear as vítimas dos atentados ao World Trade Center, nos Estados Unidos. Também participou do single 'What more can I give?', com Michael Jackson.

A new day has come

Celine ausenta-se, novamente, desta vez por dois anos. Volta em 2002 com o álbum 'A new day has come', que conta com o single  'I'm Alive'. É um álbum mais pessoal, onde ela evoca a maternidade.

Caesars Palace

Para comemorar seu reencontro com o público, Celine Dion começa a se apresentar no Caesars Palace em Las Vegas para uma temporada de quatro anos.

1 fille & 4 types

Em 2003, volta ao público francês com o álbum '1 fille & 4 types', inteiramente composto por Jean-Jacques Goldman. 'All the gold of men' será o primeiro single, seguido por 'Et je t'aime encore'.

Calçada da Fama

Em 2004, Celine Dion recebeu sua estrela na Calçada da Fama de Hollywood, em Los Angeles. É a prova de sua consagração absoluta no mundo.

Miracle

No mesmo ano, ela lançou um álbum conceitual, 'Miracle', onde misturou fotos e canções de ninar. Para isso, ela contou com Anne Geddes, famosa fotógrafa infantil.

Uma segunda gravidez

Em 2009, Celine Dion, aos 41, engravidou novamente, desta vez de gêmeos. Ela deu à luz em 2010 seus filhos Eddy e Nelson.

Duetos de peso

Em 2012, lançou o álbum 'Without Waiting', no qual participaram Luc Plamondon, Maxime Le Forestier e Jean-Pierre Ferland. Ela também cantou com Henri Salvador e Johnny Hallyday (foto). A música mais emblemática deste álbum é 'Parler à mon père'.

Companheira da Ordem do Canadá

Em 2013, o casal Angélil-Dion foi homenageado pelo Governador Geral do Canadá David Johnston, em agradecimento por sua contribuição à influência internacional do Canadá. René Angélil é nomeado Membro da Ordem do Canadá, e Céline Dion é elevada à categoria de Companheira da Ordem do Canadá.

Doença

Em 2014, Celine Dion suspendeu todas as suas atividades por motivos relacionados a sua saúde: sofria de uma inflamação. Ao mesmo tempo, René foi operado de um tumor cancerígeno. Em seguida, ela anuncia que vai desacelerar a carreira para cuidar do pai de seus filhos e grande amor.

Las Vegas

Em 2015, ela anunciou que seu retorno a Las Vegas aconteceria em agosto.

Morte trágica de René

Em janeiro de 2016, após meses de sofrimento, René Angélil morreu de câncer na garganta. Dois dias depois, Celine Dion perde seu irmão Daniel, 59, também para o câncer. Algumas semanas após o funeral de seu marido, Celine corajosamente volta ao palco em Las Vegas, honrando a promessa que havia feito a ele de retomar a música.

Ashes

Em 2018, lançou 'Ashes', single da trilha sonora do filme 'Deadpool 2' .

Carpool Karaokê

Desde então, Celine Dion vive uma vida mais discreta. Isso não impede que apareça nas Fashion Weeks com seus looks extravagantes, que tanto gostamos. Em 2019, ela divertiu telespectadores no famoso programa de James Cordon, 'Carpool Karaoke'.

Melhoras, Celine!

Até que Celine Dion possa voltar à estrada, só nos resta desejar a ela uma rápida recuperação. Esperamos de todo o coração vê-la em breve em grande forma, com esta voz que tanto nos emociona!

Más para ti