"Ela me intimida", declara colega de Meghan Markle

O marido de Meghan Markle na ficção
Distanciamento entre Patrick J. Adams e Meghan Markle
Sem polêmicas
As declarações de Patrick J. Adams
Caminhos diferentes
A nova Meghan Markle
Um bom amigo
Meghan Markle nos Estados Unidos
Meghan está em Santa Bárbara
Perto dos antigos amigos
Uma experiência comum
Amizade hereditária
O aborto de Meghan Markle
Um momento difícil
Cantava para o filho
Tristeza
A confissão de Meghan Markle
Tema tabu
Luto solitário
O marido de Meghan Markle na ficção

"Sinto-me intimidado por ela. Sei que posso telefonar para ela a qualquer momento, mas, na verdade, eu não saberia o que dizer". As palavras são do ator Patrick J. Adams, que interpretou o marido da personagem de Meghan Markle, na série 'Suits', em uma entrevista à Radio Times.

Distanciamento entre Patrick J. Adams e Meghan Markle

Patrick J. Adams disse também que compareceu ao casamento da colega com o príncipe Harry da Inglaterra, mas deixou de falar com ela depois disso. Porque esta amizade esfriou?

Sem polêmicas

Parece ser que não houve um grande problema entre eles. O afastamento teria acontecido de forma natural, desde que Meghan Markle abandonou a série e virou membro da realeza britânica.

As declarações de Patrick J. Adams

"Lembro que depois que nossos respectivos filhos nasceram, nos mandamos mensagens e alguns presentes. Mas, agora, me assusta a ideia de ligar para ela", completa o ator.

"Tenho medo"

Patrick J. Adams confessa: "Ter que romper qualquer muro que possa existir entre nós, agora, para poder manter uma conversa me dá medo."

Caminhos diferentes

Não só Meghan Markle tomou um rumo diferente ao sair de 'Suits'. Patrick J. Adams enveredou em outros projetos profissionais depois do fim da série que lhe deu fama.

A nova Meghan Markle

O ator reconheceu, durante a entrevista, que a nova vida de Meghan Markle é agitada e que não perdeu totalmente o contato com ela: "Nos falamos muito de vez em quando."

Um bom amigo

Patrick J. Adams  também disse: "Tenho saudade da minha amiga, mas estou muito feliz de que tudo esteja dando certo com ela."

Meghan Markle nos Estados Unidos

Apesar das melancólicas declarações de Patrick J. Adams, talvez seu reencontro com Meghan Markle esteja mais perto do que ele imagina, já que agora a os duques de Sussex moram no mesmo país que ele.

Meghan está em Santa Bárbara

Todos os passos de Meghan Markle passaram a ser alvo de manchetes dos meios de comunicação, desde que oficializou sua união com o filho de Charles e Diana. Foi então que o jovem casal decidiu se livrar da pressão a que estava submetido e ir embora do Reino Unido. Atualmente, reside com seu filho, Archie, em Santa Bárbara, Califórnia (Estados Unidos).

Perto dos antigos amigos

A cidade está muito mais perto de Hollywood e de onde moram os antigos amigos de Meghan, o que podia facilitar um reencontro com aquele que foi seu marido na ficção.

Uma experiência comum

Meghan Markle e Harry deram as boas-vindas ao pequeno Archie em maio de 2019. Já Patrick J. Adams e sua esposa, Troian Bellisario, tiveram sua primeira filha em 2018.

Amizade hereditária

Talvez a ideia de apresentarem as crianças umas às outras possa motivar um encontro entre ambas famílias.

O aborto de Meghan Markle

Em novembro de 2020, Meghan Markle revelou que tinha perdido o bebê que estava esperando há poucos meses.

Um momento difícil

A duquesa de Sussex contou, em primeira pessoa, ao 'New York Times', que sentiu uma forte dor, enquanto trocava a fralda do seu filho, o que significou o aborto espontâneo.

Cantava para o filho

"Lembro que caí no chão com ele nos braços, e fiquei cantando uma canção de ninar para nos acalmarmos. Aquela melodia era um grande contraste com minha sensação: algo estava mal", relatou Meghan.

Tristeza

O aborto representou um momento difícil para Meghan Markle e Harry, deixando-lhes uma profunda tristeza.

A confissão de Meghan Markle

"Perder um filho é um sentimento de culpa quase insuportável. É algo que muita gente vive, mas fala pouco."

Tema tabu

"Meu marido e eu descobrimos que, em uma sala com 100 mulheres, cerca de 10 a 20 delas tinham sofrido um aborto. Apesar disso, este tema continua sendo um tabu", confessou Meghan.

Luto solitário

O desabafo de Meghan também incluiu a seguinte frase: "Injustificada culpa perpetuando um ciclo de luto solitário."

Fotos: USA Network.

Más para ti