Alimentos proibidos nas refeições da rainha Elizabeth II

O que acontece no Palácio?
Padrões da realeza
Comuns e vetados
Alho
Massa
Batatas
Carne feita com perfeição
Ovos de casca branca são proibidos
Bordas do pão fatiado
Chá sem açúcar
Fruta de temporada
Frutos do mar
Foie gras
Banana inteira
Água da torneira jamais!
Chocolate amargo liberado
Ela não é uma má conselheira
O que acontece no Palácio?

Se as paredes do Palácio de Buckingham pudessem falar, teriam centenas de histórias e segredos para contar. Mas quem fala é o povo e quem passa pelas salas do Palácio...

Padrões da realeza

Darren McGrady, que trabalhou como chef de cozinha no Palácio de Buckingham durante 15 anos, revelou, em entrevista ao The Telegraph, as regras gastronômicas seguidas pela Rainha Elizabeth II.

Comuns e vetados

Alimentos comuns, conhecidos e amplamente consumidos têm, de certa forma, uma lógica para serem proibidos em Buckingham e também em viagens oficiais da Rainha.

Alho

Nas refeições da monarca, não pode haver alho, cebola ou pimentão. O motivo? O mal hálito que podem deixar na Rainha.

Foto: Unsplash (Sanjay Dosajh)

Massa

A rainha Elizabeth II não quer amidos em sua dieta noturna, então macarrão é absolutamente proibido. A alternativa para as massas são as saladas, o peixe grelhado ou o frango, acompanhados de legumes.

Foto: Unsplash (Karolina Kołodziejczak)

Batatas

Se falarmos de amido, a batata é um do seus principais representantes, por isso também são completamente retiradas da dieta real.

Foto: Unsplash (Gilberto Olimpio)

Carne feita com perfeição

Se a Rainha tiver que comer algo de carne bovina, sua equipe certifica-se de que esteja bem passada. Nada de carne ao ponto ou mal passada.

Foto: Unsplash (Emerson Vieira)

Ovos de casca branca são proibidos

A rainha Elizabeth II diz que os ovos marrons têm um sabor melhor do que os de casca branca. Seu café da manhã inclui, então, ovos de casca marrom, quase sempre com salmão e trufas.

Foto: Unsplash (Tengyart)

Bordas do pão fatiado

A monarca gosta de sanduíches de atum com manteiga, maionese, rodelas de pepino e um toque de pimenta, mas sempre com as bordas do pão cortadas.

Foto: Unsplash (Charles Chen)

Chá sem açúcar

A hora do chá não é negociável para Elizabeth II. Ela o toma sempre com um pouco de leite, mas nunca com açúcar.

Foto: Unsplash (Jasmine Huang)

 

Fruta de temporada

A rainha Elizabeth II só come frutas de sua respectiva estação. "Tente dar morangos a ela em janeiro e ela dirá que não consegue comer morangos geneticamente modificados", disse Darren McGrady ao The Telegraph.

Foto: Unsplash (Anton Darius)

Frutos do mar

O risco de intoxicação alimentar que os mariscos implicam não compensa a rainha Elizabeth II comê-lo. Diretamente, são proibidos em sua dieta. Grant Harold, um ex-mordomo real, chamou a medida de "sensata", especialmente "quando você está longe de casa".

Foto: Unsplash (Marika Sartori)

Foie gras

Foi o príncipe Charles quem proibiu o foie gras, no Palácio, em 2008. Feito com fígado de pato ou ganso, o monarca citou razões éticas de bem-estar animal, além do risco de intoxicação alimentar que pode implicar.

Foto: Unsplash (XIBEI JIA)

Banana inteira

A rainha Elizabeth II sempre usa garfo e faca para comer uma banana. Ela descarta a parte superior e inferior da fruta e a descasca com os talheres. Não é que seja proibido, mas é quase impossível ver a Rainha comer uma banana inteira.

Foto: Unsplash (Dainis Graveris)

Água da torneira jamais!

O risco de intoxicação leva a Família Real a não beber água da torneira em nenhum lugar, nem águas minerais de marcas desconhecidas, somente de qualidade específica e marcas confiáveis.

Foto: Unsplash (Steve Johnson)

Chocolate amargo liberado

Obviamente, apesar das restrições, até a rainha Elizabeth II permite-se um mimo de vez em quando. No caso dela, o chocolate amargo é seu pecado.

Foto: Unsplash (Charisse Kenion)

Ela não é uma má conselheira

Medidas alimentares excessivas? É possível, mas vindo de alguém que nasceu em 1926 e está com uma saúde intacta, cada conselho deveria ser levado em consideração!

 

Más para ti