A maldição do Oscar: ganharam e (quase) desapareceram