A escandalosa e ambiciosa vida de Boris Johnson

Adeus Boris
Uma cascata de problemas
Um personagem peculiar
Boris Johnson não nasceu no Reino Unido
Origens familiares diversas
Um jovem propenso ao excesso em Eton e Oxford
David Cameron e Boris Johnson, colegas
Boris Johnson preso
Trabalho antes da política
O prefeito de Londres (e suas Olimpíadas)
Uma louca vida
A vida amorosa de Boris Johnson
Relacionamento atual
Boris Johnson e Arnold Schwarzenegger
Ambicioso
Vitória para o Brexit
O homem que queria ser Churchill
Mais elogios
O salto no vazio
Adeus para sempre?
Adeus Boris

7 de julho de 2022: Boris Johnson renuncia ao cargo de primeiro-ministro do Reino Unido, após uma série de escândalos.

Uma cascata de problemas

A renúncia de dezenas de altos funcionários de seu governo, o escândalo dos partidos ilegais e sua má gestão diante das acusações de assédio s e x u a l contra o conservador Chris Pincher estão entre as principais causas de sua queda.

Um personagem peculiar

A biografia de Boris Johnson, que chegou ao poder em 2019, não deixa ninguém indiferente: personagem peculiar, amante do risco e do caos. Na galeria, contamos sua trajetória, confira!

Boris Johnson não nasceu no Reino Unido

Filho de britânicos, Boris Johnson nasceu em Nova York, no dia 19 de junho de 1964, já que seu pai estudava Economia na Universidade de Columbia, na época. Entretanto, a família voltou para o Reino Unido no mesmo ano.

Origens familiares diversas

A árvore genealógica de Boris Johnson conta com um avô turco, ascendência judaica russa por parte de mãe e parentes distantes de origem francesa. Boris Johnson define-se como um caldeirão em que diferentes culturas se misturam.

Um jovem propenso ao excesso em Eton e Oxford

Mas a identidade de Boris Johnson foi, realmente, forjada na elite que estuda em Eton e Oxford, os centros educativos mais exclusivos do Reino Unido. Ele pertencia ao Bullingdon Club, um grupo de jovens ricos que se dedicavam ao vandalismo e ao consumo, sem moderação, de bebidas alcoólicas.

David Cameron e Boris Johnson, colegas

O ex-primeiro-ministro britânico, David Cameron, também estudou em Oxford e era membro do já mencionado Bullingdon Club. Foi lá onde Boris Johnson o conheceu.

Boris Johnson preso

Após jogar um vaso em uma vitrine, Boris Johnson foi detido e passou uma noite na cadeia. Um colega seu, no entanto, disse, ao recordar esse episódio: "Nunca pensei que Boris fosse capaz de correr tão rápido".

Trabalho antes da política

Boris Johnson trabalhou como jornalista do The Times e do The Daily Telegraph, entre 1987 e 1994.

O prefeito de Londres (e suas Olimpíadas)

Após entrar no Partido Conservador e obtido sua cadeira de deputado na Câmara, Boris Johnson foi eleito prefeito de Londres, em 2008, e reeleito em 2012, quando a cidade sediou as Olimpíadas.

Uma louca vida

Boris Johnson sempre mostrou uma personalidade com tendência ao excesso. Desde seu cabelo desgrenhado, suas gafes até sua atitude diante das câmeras. Como prefeito de Londres, era comum que todo evento em que comparecesse virasse um espetáculo.

A vida amorosa de Boris Johnson

O primeiro casamento de Boris Johnson foi com Allegra Mostyn-Owen. Depois, ele iniciou um relacionamento com Marina Wheeler (foto), com quem teve quatro filhos. Em 2004, veio à tona um caso extraconjugal com sua subordinada no trabalho, Petronella Wyatt.

Relacionamento atual

Em 2019, o mundo descobriu mais uma traição à sua então esposa, Marina. Desta vez com Carrie Symonds (foto), 20 anos mais nova que ele. Estão juntos desde então.

Boris Johnson e Arnold Schwarzenegger

Boris Johnson foi capaz de ofender tanto republicanos quanto democratas quando, durante a campanha eleitoral dos EUA, disse que não visitaria Nova York por causa do "risco de conhecer Trump". Para completar, disse que Hillary Clinton parecia uma "enfermeira sádica de um hospital psiquiátrico".

Na foto, com Arnold Schwarzenegger.

Ambicioso

A ambição é uma das características fundamentais de Boris Johnson. Ele sempre sonhou em entrar para a história e comandar o Reino Unido. Talvez desde seus dias em Eton.

Na foto, posa com sua estátua de cera

Vitória para o Brexit

Conseguiu virar primeiro-ministro, em 2019, depois de se juntar aos apoiadores da saída do Reino Unido da União Europeia e saborear o mel da vitória do proBREXIT, no referendo de 2016.

O homem que queria ser Churchill

Boris Johnson admira tanto Winston Churchill que escreveu uma biografia sobre o líder britânico que venceu a Segunda Guerra Mundial. A obra foi aplaudida pela crítica e destacou seu nível como autor literário.

Mais elogios

Sua biógrafa, Sonia Purnell, garante no livro 'Just Boris: The Irresistible Rise of a Political Celebrity' que, segundo vários testemunhos, ele é um "deus na cama" e uma mistura de "homem educado e malandro".

O salto no vazio

Sua gestão (errática, segundo seus críticos) de questões tão vitais como o BREXIT e a pandemia tem muito de seu caráter. Boris Johnson, ao longo de sua carreira política, soube pular no vazio e não cair. Até agora.

Adeus para sempre?

Será este o fim da carreira política de Boris Johnson ou ele ressurgirá como uma fênix com uma nova reviravolta no roteiro?

Más para ti