Importância
Quando São Petersburgo era Leningrado
Filho da União Soviética
Mestre em artes marciais
Fluente em alemão
Formado em Direito
Um grande contato na universidade
Agente secreto
Na Alemanha oriental
Casamento
A queda do muro de Berlim
Saída da KGB
Retorno a São Petersburgo
Estrela em ascensão
Mudança a Moscou
Na equipe de Boris Yeltsin
Presidente em exercício
Guerra da Chechênia
Morte de um mentor
O começo de tudo
Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(1/20)
Importância

Vladimir Putin é um dos homens mais poderosos do mundo e não há como negar. A história do presidente da Federação Russa, que segundo a Bloomberg nunca teve um índice de aprovação abaixo de 59% em seu país, está intimamente ligada à própria história russa (e soviética).

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(2/20)
Quando São Petersburgo era Leningrado

Vladimir Vladimirovich Putin nasceu em 7 de outubro de 1952, em São Petersburgo, chamado Leningrado, na época. Era o último período do governo de Stalin.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(3/20)
Filho da União Soviética

O avô paterno de Putin foi cozinheiro de Vladimir Lenin e Joseph Stalin. Já seu pai serviu na Marinha, durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto sua mãe trabalhava em uma fábrica. Putin é um autêntico filho da União Soviética.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(4/20)
Mestre em artes marciais

O jovem Putin era um ávido fã de artes marciais, especialmente habilidoso em sambo e judô. Ele diz que essas atividades o mantiveram fora das ruas (e suas tentações) quando adolescente.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(5/20)
Fluente em alemão

Na escola, Putin estudou alemão, idioma no qual ainda é fluente. Na foto com os colegas, de 1966, é o quarto à esquerda, na fila superior.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(6/20)
Formado em Direito

Vladimir Putin formou-se em Direito, em 1975, pela Universidade Estadual de Leningrado (atual Universidade Estadual de São Petersburgo).

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(7/20)
Um grande contato na universidade

Enquanto estava na universidade, Putin conheceu o professor Anatoli Sobchak, que mais tarde se tornaria seu mentor político.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(8/20)
Agente secreto

No mesmo ano em que Putin se formou na universidade, ingressou na KGB, a principal agência de segurança soviética. Ainda há controvérsias sobre quais eram, exatamente, suas responsabilidades dentro da entidade governamental. Na foto, a antiga sede da KGB, que atualmente funciona como escritórios do FSB RF (serviços secretos russos).

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(9/20)
Na Alemanha oriental

Sabe-se que Putin morou em Dresden, que foi parte da Alemanha Oriental, de 1985 a 1990. Na foto, ele aparece com seus pais em 1985, pouco antes de mudarem-se para lá.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(10/20)
Casamento

Casou-se com Lyudmila Shkrebneva em 1983, com quem teve duas filhas. Após anos juntos, divorciaram-se, oficialmente, em 2014.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(11/20)
A queda do muro de Berlim

De acordo com a revista Time, durante a queda do Muro de Berlim, em novembro de 1989, Putin guardou os arquivos do Centro Cultural Soviético em Dresden. Depois queimou arquivos da KGB, embora tenha entregado alguns deles (os menos incriminadores?) às autoridades alemãs.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(12/20)
Saída da KGB

Ele renunciou ao cargo de tenente-coronel da KGB  em meio ao golpe fracassado dos comunistas linha-dura contra o governo de Mikhail Gorbachev (foto).

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(13/20)
Retorno a São Petersburgo

Putin voltou a São Petersburgo em 1990, onde renovou sua amizade com Sobchak. Nesta foto de 1993, pode ser visto atrás dele e do político austríaco Alois Mock, durante uma visita oficial à biblioteca da Universidade de São Petersburgo.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(14/20)
Estrela em ascensão

Anatoli Sobchak tornou-se o primeiro prefeito democraticamente eleito de São Petersburgo, em 1991. Ele nomeou Vladimir Putin como um de seus deputados. Na foto, Putin caminha com o príncipe Charles, que realizava uma visita oficial a São Petersburgo, em 1994.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(15/20)
Mudança a Moscou

Depois que Sobchak perdeu sua reeleição para prefeito, em 1996, o jovem Putin (que havia sido seu gerente de campanha) mudou-se para Moscou com o objetivo de tentar a sorte na política federal.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(16/20)
Na equipe de Boris Yeltsin

Putin rapidamente subiu no círculo íntimo de Boris Yeltsin, ocupando vários cargos de alto escalão, incluindo o de diretor do FSB RF, que sucedeu a KGB.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(17/20)
Presidente em exercício

Em 31 de dezembro de 1999, Boris Yeltsin renunciou, inesperadamente, e nomeou Putin como presidente interino.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(18/20)
Guerra da Chechênia

O povo russo viu em Putin um político da "lei e da ordem", durante a Segunda Guerra da Chechênia, o que lhe permitiu superar seus rivais políticos.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(19/20)
Morte de um mentor

Putin pediu a Sobchak, em fevereiro de 2000, que o ajudasse em sua campanha presidencial, mas seu mentor morreu pouco depois. Na imagem, Putin, em 2006, discursa na inauguração de um monumento em memória de seu mentor, em São Petersburgo.

Putin: de agente da KGB a líder da Rússia
(20/20)
O começo de tudo

Vladimir Vladimirovich Putin foi eleito presidente da Federação Russa em 26 de março de 2000, com amplo apoio popular. Exceto quando atuou como primeiro-ministro, de 2008 a 2012, ele permanece no cargo. E não há vislumbre de um substituto. Muito menos agora, que ele embarcou em uma aventura bélica com consequências imprevisíveis.

Más para ti