Países onde a vacina contra a covid-19 é obrigatória

Uma variante que compromete o fim da pandemia
Vacinação necessária
O governo italiano
Tajiquistão
Turquemenistão
Vaticano
Passaporte covid
Passaporte para entrar em certos lugares
Vacinação obrigatória para certos grupos
Empresas que exigem vacinação
Facebook, BlackRock, United Airlines...
Homeoffice ou vacinação
Questões jurídicas
Vacinação quase obrigatória
Vacinação não é discutida na China
A variante delta empurra para a natureza obrigatória da vacina
Liberdade ou bem comum?
Uma variante que compromete o fim da pandemia

A pandemia não acabou. Milhares de infecções por covid-19 continuam a serem registradas no mundo inteiro, devido, principalmente, à presença da variante delta do vírus, que é mais contagiosa.

Vacinação necessária

Tem sido a vacinação a única forma realmente eficaz na diminuição do número de mortes e hospitalizações no mundo.  E a Itália é o primeiro país democrático a levantar abertamente a possibilidade de que seja obrigatória.

O governo italiano

Tanto o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, quanto o ministro da Saúde, Roberto Speranza, declararam ser a favor da vacina obrigatória. Assim, começa o debate político na União Europeia sobre este assunto.

Tajiquistão

No momento, apenas em três países do mundo a vacina contra a covid-19 é obrigatória. O primeiro deles é o Tajiquistão, uma ex-república soviética onde os maiores de 18 anos são vacinados.

Turquemenistão

Por sua vez, o Turquemenistão, que registrou poucos casos de covid-19, também quer proteger sua população da doença, através da vacinação obrigatória para adultos.

Vaticano

O Vaticano completa a pequena lista de países onde seus cidadão são obrigados a receberem o imunizante contra a covid-19. Mas há muitos outros onde, na verdade, quem não estiver vacinado, não pode realizar muitas atividades.

Passaporte covid

Entrar na União Europeia e outros países do mundo é difícil sem o chamado “Passaporte Covid”. A depender da situação sanitária do seu lugar de origem, o viajante tem que apresentar um certificado de vacinação. Também vale um exame PCR feito horas antes.

Passaporte para entrar em certos lugares

Na França, há restrições a pessoas não-vacinadas inclusive para visitar museus, frequentar cinemas, restaurantes e outros locais públicos. Nestes lugares, exige-se o certificado de vacina ou uma PCR muito recente. Outros países atuam de forma semelhante.

Imagem: Andrea García / Unsplash

Vacinação obrigatória para certos grupos

Além da França, a vacinação é exigida em outras regiões como Reino Unido, Rússia e Grécia para profissionais de saúde e aqueles que trabalham em asilos. Já fala-se, inclusive, em sancionar ou expulsar aqueles que se recusam a ser vacinados dentro desses grupos.

Empresas que exigem vacinação

Outra forma interessante de tornar a vacinação obrigatória é o caso de empresas que exigem que seus funcionários sejam vacinados, embora isso acarrete, em alguns países, problemas jurídicos.

Facebook, BlackRock, United Airlines...

A lista de empresas que exigem (de uma forma ou de outra) a vacinação de seus funcionários é extensa nos Estados Unidos. Inclui Facebook, BlackRock, United Airlines, Ford, Google e Goldman Sachs, entre outras. Não é apenas por questões de saúde, mas porque um surto implica a paralisação total ou parcial da atividade de uma empresa e perdas econômicas muito importantes.

Homeoffice ou vacinação

Em alguns casos, o trabalhador não vacinado tem a opção de homeoffice, mas não pode ir à sede da empresa ou reunir-se com outros colegas de forma presencial. No caso daqueles que trabalham com o público, não há outra saída senão receber o imunizante.

Questões jurídicas

Para alguns, o fato de uma entidade privada exigir a vacinação pode ser interpretado como um exagero e até mesmo uma discriminação.

Vacinação quase obrigatória

Na Arábia Saudita, só pessoas vacinadas podem ter acesso a qualquer prédio oficial (inclusive escolas), portanto, a vacinação 'de fato' é obrigatória, a menos que você leve uma vida de isolamento social.

Vacinação não é discutida na China

Já na China, o epicentro da pandemia, a população tem absoluta clareza sobre a obrigação de imunizar-se, para que a tragédia vivida não repita-se.

A variante delta empurra para a natureza obrigatória da vacina

A variante delta tem provocado novas ondas de infecção em todo o planeta e levado muitos governos a considerarem a obrigatoriedade da vacina para atingir a desejada "imunidade de grupo". Estima-se que isso seria possível somente com mais de 90% da população vacinada.

Liberdade ou bem comum?

Embora existam pessoas que reivindiquem sua liberdade de não se vacinar (mesmo que isso signifique colocar a saúde coletiva em risco), por enquanto, vence a defesa do bem comum contra o individualismo.

Imagem: Dylan Hunter / Unsplash

Más para ti