Guerra na Ucrânia: a disputa pela Ilha das Cobras

Território valioso
A Rússia assumiu o controle
A Ucrânia tentou recuperá-la
Moskva naufragado
Disputa histórica
Um ponto estratégico
Uma batalha silenciosa
Cobras e serpentes?
Aquiles
Como é a ilha?
O farol
Inspiração
A Rússia e o mar
Estratégia ucraniana
OTAN
Terra, mar e ar
Território valioso

A pequena Ilha das Cobras, ou Ilha das Serpentes, é formada por rochas, pouca vegetação e uma fauna escassa. Mas sua localização, no Mar Negro, é estratégica e a torna valiosa, em momentos de guerra. Por isso, tanto a Rússia como a Ucrânia lutam para controlá-la. Mas a quem pertence atualmente?

Imagem: Por Фотонак - Trabalho próprio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=62277127

A Rússia assumiu o controle

Recentemente, a Rússia enviou seu icônico navio de guerra, o Moskva (foto), para lá. Ao chegarem, os russos renderam os soldados ucranianos que cuidavam do local. Estes tentaram resistir, mas, naquele momento, não havia qualquer chance de sucesso. A Rússia conquistou o pequeno território e capturou os soldados que o defendiam.

A Ucrânia tentou recuperá-la

De acordo com a BBC britânica, que cita fontes do governo do Reino Unido, a Ucrânia, hoje, luta para recuperar a Ilha das Cobras. Os russos disseram que os adversários já perderam soldados, aviões e drones, mas a Ucrânia garante que a batalha não acabou. Além disso, os ucranianos dizem que a Rússia não está nas melhores condições para defendê-la.

Moskva naufragado

Os ucranianos (com a ajuda da inteligência americana) conseguiram afundar o Moskva, navio russo fundamental no controle do Mar Negro. Ele era especialmente útil para defender a Ilha das Cobras.

Disputa histórica

A ilha tem uma área de apenas um quilômetro quadrado, mas, historicamente, tem sido alvo de grande disputa. Ela fica a 45 quilômetros da costa da Ucrânia e da Romênia, países que já reivindicaram sua soberania. A União Soviética assumiu o controle da Ilha, no final da Segunda Guerra Mundial. Depois, ela ficou sob o comando da Romênia e, em seguida, da Ucrânia.

Imagem: De DieBuche - [1], CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=10262636

Um ponto estratégico

O oficial militar ucraniano, Oleh Zhdanov, explicou à BBC : "Se as tropas russas conseguirem ocupar a ilha e estabelecer seu sistema de defesa aéreo de longo alcance, eles controlarão o mar, a terra e o ar, na parte noroeste do Mar Negro e no sul da Ucrânia".

Uma batalha silenciosa

Enquanto todos os olhos estão nas batalhas terrestres da Ucrânia, a disputa pela Ilha das Cobras acontece sem muito alarde. Nem a Rússia nem a Ucrânia mostram uma grande soberania neste enclave, e, por isso, o silêncio.

Cobras e serpentes?

Apesar do nome, não há vestígio de qualquer réptil na ilha.

Imagem: Jan Kopriva/Unsplash

Aquiles

De acordo com algumas interpretações da literatura clássica, esta ilha foi o lar do herói grego, Aquiles. Alguns autores afirmam que, no topo dela, os antigos gregos teriam erguido um santuário com duas grandes colunas. No entanto, atualmente, não há vestígios disso.

Imagem: Por HOBOPOCC - Trabalho próprio, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=9435484

Como é a ilha?

A ilha é bastante rochosa, com falésias íngremes de até 25 metros de altura, que dão para o mar.

Imagem: Por Mykola Rozhenko - Trabalho próprio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=49006107

O farol

Ilustrações antigas (como esta, feita por um artista alemão) registram a presença de um farol, datado de 1842, obra do império czarista, que, naquela época, dominava o local. O farol continua intacto e, hoje, está modernizado.

Imagem: Por digitalização feita por Olahus - Die Donau als Völkerweg, Schiffahrtsstraße und Reiseroute. Viena, Pest, Leizig. 1896, Domínio Público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=1990346

Inspiração

O formato da ilha inspirou o pintor Carlo Bossoli (suíço), que viveu muito tempo na Rússia. A pintura revela um mar agitado e pode-se observar a Ilha das Cobras, ao fundo.

Imagem: Por Carlo Bossoli - Альбом. «Пейзажи и достопримечательности Крыма» - http://allday.ru/2008/12/06/karlo-bossoli.albom.pejjzazhi-i.html, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index. php?curid=115965237

A Rússia e o mar

A Rússia tem uma obsessão histórica: conseguir uma saída estável e duradoura para o mar, e que a coloque em melhor posição estratégica. A anexação da Crimeia foi feita por conta disso e, em parte, a invasão da Ucrânia, também.

Estratégia ucraniana

Na tentativa de retomar o controle da ilha, as forças ucranianas, segundo a BBC, tentarão cortar a entrada de navios de abastecimento. Com o Moskva afundado, não há a proteção de canhões e será mais difícil os navios russos entrarem e sairem da ilha.

OTAN

Outro aspecto problemático é que a ilha fica muito próxima da Romênia, país pertencente à OTAN. Em princípio, nenhuma das nações de fora do bloco deve entrar em suas águas territoriais.

Terra, mar e ar

A atual guerra entre a Ucrânia e a Rússia está disseminada entre terra, mar e ar. A Ilha das Cobras é mais um cenário desta triste disputa, com milhares de vidas perdidas e um custo milionário. Cada vitória ou derrota decidirá o resultado final.

Veja também: As duas mulheres que desafiam Putin

Más para ti