O início de uma invasão
Reação imediata da União Europeia e dos Estados Unidos
Alemanha corta gás
Nord Stream 2
Uma guerra anunciada
Anexação da Crimeia
Donetsk e Lugansk: a guerra em Donbas
A guerra em Donbas
Zelensky entra em cena
Estar e não estar na OTAN
Rússia sente-se ameaçada
Biden agita as águas
Escalando
Biden ameaça
Exigências da Rússia para a OTAN
Resposta da OTAN
Conversas entre Zelensky e Biden
Diplomatas partem, soldados chegam
A imagem surreal de uma reunião improdutiva
Preparativos para ir à guerra
Rússia e Belarus deslocam tropas
Olho no olho
A China também pediu uma solução
Evacuação
Conflito iminente
Uma decisão extrema
Invasão realizada
Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(1/28)
O início de uma invasão

Em 21 de fevereiro de 2021, Vladimir Putin reconheceu oficialmente Donetsk e Luhansk, repúblicas separatistas pró-Rússia localizadas no leste da Ucrânia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(2/28)
"Uma ameaça direta à segurança da Rússia"

Em sua declaração, citada pela Al Jazeera, Putin destacou o vínculo histórico da Rússia com o território ucraniano. Além disso, referiu-se à Ucrânia como uma "ficção" porque "nunca teve tradição como Estado real". Também afirmou que se a Ucrânia aderisse à OTAN, seria "uma ameaça direta à segurança da Rússia". Na imagem, soldados em Donetsk, em 22 de fevereiro.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(3/28)
Reação imediata da União Europeia e dos Estados Unidos

A União Europeia, os Estados Unidos e o Reino Unido foram rápidos em condenar a declaração da Rússia. O presidente dos EUA, Joe Biden, assinou uma ordem executiva impondo novas sanções a quem invista nas repúblicas separatistas de Donetsk e Lugansk.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(4/28)
Alemanha corta gás

O chanceler alemão Olaf Scholz, por sua vez, interrompeu a aprovação do gasoduto Nord Stream 2 que liga a Rússia à Alemanha.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(5/28)
Nord Stream 2

De acordo com a agência de notícias alemã DW, o oleoduto foi concluído, mas não conseguiu operar porque a certificação foi negada por Berlim (o oleoduto passa pelo território alemão).

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(6/28)
Uma guerra anunciada

A operação militar da Rússia na Ucrânia tem sido vista por muitos especialistas como um ponto de virada em um conflito que vem se formando nos últimos anos.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(7/28)
Anexação da Crimeia

Em março de 2014, em meio à agitação social na Ucrânia, a Federação Russa invadiu e anexou a península da Crimeia. Um território que a Rússia considera seu desde tempos imemoriais.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(8/28)
Donetsk e Lugansk: a guerra em Donbas

No mesmo ano, as regiões administrativas de Lugansk e Donetsk, que compõem a parte mais o r i e n t a l da Ucrânia e têm uma grande população de cultura russa, declararam sua independência de Kiev. O conflito em ambas áreas é unificado sob o termo "guerra de Donbas".

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(9/28)
A guerra em Donbas

A Guerra de Donbas é um "conflito de baixa intensidade" que já dura quase uma década. Isso não exclui que batalhas sangrentas e mortes ocorram de forma recorrente.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(10/28)
Zelensky entra em cena

A situação geoestratégica deu uma reviravolta em meados de 2020. A Ucrânia, sob a presidência de Volodimir Zelensky, aderiu ao programa "parceiros de oportunidades reforçadas" da OTAN.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(11/28)
Estar e não estar na OTAN

Embora a OTAN tenha afirmado que fazer parte do programa no qual a Ucrânia se inscreveu não significa que uma nação seja selecionada para integrar a organização, é verdade que os vínculos com a OTAN têm sido uma prioridade nas políticas de Zelensky.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(12/28)
Rússia sente-se ameaçada

O Kremlin afirmou várias vezes que uma expansão da OTAN para o Leste seria uma ameaça à sua influência na região.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(13/28)
Biden agita as águas

Enquanto isso, a eleição de Joe Biden, em novembro de 2020, para presidente dos Estados Unidos também marcou uma mudança na política internacional de um dos maiores parceiros da OTAN.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(14/28)
Escalando

A Al Jazeera relata que, em novembro de 2021, tropas russas puderam ser vistas se acumulando na fronteira com a Ucrânia. Kiev afirma que Moscou mobilizou mais de 100 mil soldados.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(15/28)
Biden ameaça

Em retaliação, o governo Biden ameaçou impor sanções econômicas “amplas” no caso de uma invasão russa.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(16/28)
Exigências da Rússia para a OTAN

Em dezembro de 2021, a Rússia exigiu que a OTAN interrompesse todas as atividades militares na Europa O r i e n t a l e que a aliança não aceitasse ex-países soviéticos como membros.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(17/28)
Resposta da OTAN

A OTAN responde a Putin, no final de janeiro de 2022, que tem uma política de portas abertas e não pode impedir a adesão da Ucrânia, se o país cumprir os requisitos.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(18/28)
Conversas entre Zelensky e Biden

Na mesma época, Biden e Zelensky mantêm conversas telefônicas. O presidente dos EUA garante que seu país "responderá decisivamente" se a Rússia invadir a Ucrânia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(19/28)
Diplomatas partem, soldados chegam

O governo dos EUA, no final de janeiro de 2022, retirou membros de sua embaixada em Kiev e ordenou que 8.500 soldados estivessem prontos para o deslocamento iminente.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(20/28)
A imagem surreal de uma reunião improdutiva

O presidente francês Emmanuel Macron e o chanceler alemão Olaf Scholz viajaram para Moscou e Kiev, no final de janeiro e início de fevereiro, na tentativa de encontrar uma saída diplomática para a crise. A imagem de Macron separado vários metros de Putin, por uma mesa, já parecia demonstrar a impossibilidade de diálogo.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(21/28)
Preparativos para ir à guerra

De acordo com a NPR, os Estados Unidos, em 5 de fevereiro, mobilizaram mil soldados da Alemanha para a Romênia e enviaram mais dois mil para a Alemanha e a Polônia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(22/28)
Rússia e Belarus deslocam tropas

A Rússia e sua aliada Belarus iniciaram exercícios militares conjuntos em 10 de fevereiro, posicionando 30 mil soldados na fronteira norte da Ucrânia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(23/28)
Olho no olho

Biden e Putin conversaram no dia em 12 de fevereiro. O presidente dos EUA enfatizou que uma invasão traria sofrimento humano, enquanto o líder russo reiterou seu desejo de que a OTAN se comprometa a nunca aceitar a Ucrânia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(24/28)
A China também pediu uma solução

O francês Emmanuel Macron e o chinês Xi Jinping (foto) pediram uma resolução política para o conflito, em 16 de fevereiro.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(25/28)
Evacuação

A Al Jazeera informou, em 20 de fevereiro, que a Rússia e a Belarus expandiram seus exercícios militares, ao mesmo tempo em que civis de Donetsk e Luhansk começaram a ser evacuados para a Rússia.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(26/28)
Conflito iminente

Na mesma época, o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, reuniu-se com outros ministros das Relações Exteriores do G7. Ele argumentou que a Rússia estava se preparando para uma invasão.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(27/28)
Uma decisão extrema

Em 21 de fevereiro, Biden e Putin concordaram em conversar em uma cúpula intermediada por Macron. No entanto, o governo dos EUA alertou que isso só aconteceria se a Rússia não invadisse primeiro. E foi exatamente o que o país fez.

Entenda o conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de forma cronológica!
(28/28)
Invasão realizada

A guerra começou na madrugada de 24 de fevereiro, com bombardeio russo em diversas cidades ucranianas, incluindo a capital Kiev. Para ver as imagens clique aqui.

Más para ti