Crise
Fim do ciclo?
Distúrbios
Miguel Díaz-Canel não é (nem de longe) Fidel
Pronunciamento
Quais são as causas do surto?
Crise social e política
'Pátria y Vida'
Apoio
Vozes críticas na cultura cubana
Chucho Valdés
Leonardo Padura
Embargo e pressão dos EUA
Indestrutível
Uma Revolução que resistiu
Fidel Castro, ícone de outra época
Emigração
Futuro inesperado
Manifestantes detidos
Peça fundamental da política
Cuba: é o fim da Revolução?
(1/20)
Crise

Cuba entrou em crise. A Revolução é questionada nas ruas, inundadas por protestos, em bairros de Havana, contra a situação econômica e social. O anti-castrismo (agora sem Castro) se manifesta maciçamente nos Estados Unidos.

Cuba: é o fim da Revolução?
(2/20)
Fim do ciclo?

Na imagem, oponentes do regime cubano marcham por Washington DC. Mas será que o fim da Revolução que os barbudos de Sierra Maestra estabeleceram, em 1959, está realmente se aproximando?

Cuba: é o fim da Revolução?
(3/20)
Distúrbios

Na verdade, imagens como esta, de carros capotados no meio de uma rua de Havana, são inusitadas. No dia 11 de julho, ocorreu um surto social que, embora não tenha se espalhado pela ilha de forma massiva, nem perdurado, resultou em motins, protestos e dezenas de prisões.

Cuba: é o fim da Revolução?
(4/20)
Miguel Díaz-Canel não é (nem de longe) Fidel

E, agora, o carisma de Fidel Castro está ausente. A nova liderança de Cuba não parece tão sólida. A autoridade de Fidel Castro impôs a ordem em Cuba, já a capacidade de Miguel Díaz-Canel de convencer seu povo é mais duvidosa.

Cuba: é o fim da Revolução?
(5/20)
Pronunciamento

Depois dos protestos, o presidente cubano dirigiu-se à nação pela televisão e houve quem descrevesse seu discurso como hesitante e pouco firme. Ele falou de manifestantes "confusos" e admitiu que parte do protesto tinha sua legitimidade.

Cuba: é o fim da Revolução?
(6/20)
Quais são as causas do surto?

Mas se Cuba vive com dificuldades há anos, por que protestos agora? Devido a um agravamento da situação: a pandemia atingiu a ilha (o turismo está abalado, o atendimento médico sofre) e a economia tem problemas que se traduzem em longas filas para obter elementos básicos do dia a dia e apagões de eletricidade durante horas. O cansaço transformou-se em raiva.

Imagem: Nick Karvounis / Unsplash

Cuba: é o fim da Revolução?
(7/20)
Crise social e política

Além disso, uma corrente de protesto político vem surgindo há meses em Cuba e fora da ilha. O Movimento San Isidro (formado por artistas cubanos dissidentes) conseguiu fazer barulho em território cubano.

Cuba: é o fim da Revolução?
(8/20)
'Pátria y Vida'

A música 'Patria y Vida', promovida por Yotuel (ex-integrante dos Orixas) e outros cantores latino-americanos, tornou-se um hino mundial. É o lema da nova dissidência.

Cuba: é o fim da Revolução?
(9/20)
Apoio

Por outro lado, o governo cubano também goza de apoio, tanto entre uma parte da população quanto entre líderes de alguns países latino-americanos. O México e a Bolívia enviaram ajuda humanitária para aliviar o sofrimento da ilha.

Cuba: é o fim da Revolução?
(10/20)
Vozes críticas na cultura cubana

Mas o desconforto é evidente. As críticas aumentam. No mundo da cultura, uma voz tão influente como Pablo Milanés (pertencente à Nueva Trova Cubana, que compôs os grandes hinos da Revolução) disse através do Facebook: “É irresponsável e absurdo culpar e reprimir um povo que sacrificou-se” .

Cuba: é o fim da Revolução?
(11/20)
Chucho Valdés

Outro ícone da música cubana, o pianista de jazz Chucho Valdés, afirmou: “As coisas estão sendo muito malfeitas em Cuba”.

Cuba: é o fim da Revolução?
(12/20)
Leonardo Padura

O escritor cubano mais vendido do mundo, Leonardo Padura, há muito tempo, reflete em seus romances o declínio da Revolução Cubana. Em seu último trabalho, 'Como p o l v o en el viento', ele fala sobre a diáspora, mas também sobre um fenômeno que agravou-se nos últimos anos e alimentou a inquietação social: a crescente desigualdade em um país socialista.

Cuba: é o fim da Revolução?
(13/20)
Embargo e pressão dos EUA

As dificuldades de Cuba também têm a ver com o embargo econômico ao qual estão submetidos pelos Estados Unidos, há anos. Isto inclui sanções contra quem faz negócios com a ilha e torna extremamente difícil normalizar a economia cubana a nível internacional.

Cuba: é o fim da Revolução?
(14/20)
Indestrutível

O fato é que a Revolução Cubana durou décadas sem romper. Kennedy tentou derrubar Castro com a invasão da Baía dos P o r c o s e falhou. Houve milhares de tentativas de assassinar Fidel. A União Soviética caiu e parecia que tudo havia acabado.

Cuba: é o fim da Revolução?
(15/20)
Uma Revolução que resistiu

E mesmo assim o sistema cubano sobreviveu, mesmo depois da morte de Fidel. Raúl Castro (na imagem, com Ernesto Che Guevara) permanece, mas quase aposentado.

Cuba: é o fim da Revolução?
(16/20)
Fidel Castro, ícone de outra época

Fidel Castro é um ícone muito poderoso que, talvez, ainda tenha um certo valor sentimental para os cubanos mais idosos. Entretanto, as novas gerações já estão vivendo em outro capítulo histórico muito diferente.

Cuba: é o fim da Revolução?
(17/20)
Emigração

Sair de Cuba é, para muitos jovens cubanos, a opção que contemplam como forma de melhorar de vida. O que diz muito sobre a profunda crise que a ilha sofre. Citando dados da ONU, há meios de comunicação que asseguram que mais de 14% da população cubana emigrou.

Cuba: é o fim da Revolução?
(18/20)
Futuro inesperado

Resta saber se o surto social experimentado, em julho de 2021, em Cuba, aumentará. Por enquanto, a calma voltou.

Imagem: Yerson Olivares / Unsplash

Cuba: é o fim da Revolução?
(19/20)
Manifestantes detidos

Disto também dependerá o nível de severidade aplicado pelas autoridades cubanas às dezenas de pessoas detidas nos protestos. Ou seja, se continuam presos ou recebem clemência.

Cuba: é o fim da Revolução?
(20/20)
Peça fundamental da política

E assim Cuba, uma pequena ilha do Caribe, continuará sendo uma peça fundamental da política internacional. Os restos de uma Revolução que fez a humanidade sonhar e depois erodir. Enquanto isso, o povo continuará resistindo.

Imagem: XH_S / Unsplash

Más para ti