De volta à casa
Viagem inexplicável
Guiados discretamente
Perdido na China
Nômades, mas nem tanto
Passaram por áreas habitadas
Livres
Programa de televisão
Um nascimento ao longo do caminho
Um efeito da crise climática?
Animais aventureiros
A viagem mais longa já registrada
Mais de 400 pessoas cuidavam do bem-estar da manada
Um rastro de destruição
O descanso dos elefantes
Um itinerário indefinido
Poucos elefantes na China
Um líder sem objetivo
Fim da história
Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(1/19)
De volta à casa

A manada de elefantes, que começou em 2020 a andar, perdida, pela China, voltou em agosto de 2021, mais de um ano depois, para a reserva onde morava antes.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(2/19)
Viagem inexplicável

Foi um caminho de mais 500km que os cientistas não encontraram explicação de porque os elefantes percorreram.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(3/19)
Guiados discretamente

As autoridades do país guiaram os elefantes, com delicadeza e sem violência, em direção à reserva e os fizeram atravessar o rio Yuanjiang, para que pudessem chegar ao destino.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(4/19)
Perdido na China

A aventura destes machos, fêmeas e crias virou um fenômeno seguido dia e noite por drones, que enviavam as imagens, ao vivo, à televisão chinesa, permitindo à população acompanhar cada um dos passos dos animais, como se fosse um reality show.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(5/19)
Nômades, mas nem tanto

Segundo explicou o especialista em paquidermes, Ahimsa Campos-Arceiz , ao The New York Times, os elefantes asiáticos costumam mover-se muito em busca de comida. Entretanto, a distância percorrida por esta manada não era tão habitual.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(6/19)
Passaram por áreas habitadas

Esses 15 elefantes passaram por áreas habitadas por seres humanos (na imagem, em uma área de cultivo) e as autoridades chinesas tiveram que montar um esquema de proteção, abrir estradas e, acima de tudo, apelar à população para não perturbá-los nem oferecer-lhes comida.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(7/19)
Livres

Interferir no comportamento selvagem desses elefantes poderia ser perigoso para os humanos e prejudicial para os animais, que não deveriam ter seus hábitos contaminados.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(8/19)
Programa de televisão

A CCTV, rede de televisão chinesa, transmitia continuamente imagens sobre o assunto.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(9/19)
Um nascimento ao longo do caminho

Houve até um nascimento durante esta longa jornada dos elefantes. A manada parou em novembro de 2020, por alguns dias, para que uma fêmea desse à luz. Foi um período de descanso até que mãe e filhote estivessem prontos para recomeçar. Os elefantes são animais com uma grande consciência de grupo. Eles cuidam um do outro e se apoiam ao extremo.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(10/19)
Um efeito da crise climática?

Talvez esses elefantes tenham tido que deixar seu habitat natural empurrados pela crise climática sofrida em todo o planeta, que provoca mudanças no terreno, desmatamento e falta de alimentos.

Imagem: V Srinivasan / Unsplash

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(11/19)
Animais aventureiros

Também há uma explicação mais literária sobre o espírito aventureiro dos elefantes. Eles só queriam ver o mundo? O fato é que os elefantes são animais de enorme inteligência e sensibilidade. A prova disso é sua consciência da morte de seus semelhantes e seus processos de luto.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(12/19)
A viagem mais longa já registrada

Esta é a viagem mais longa feita por uma manada de elefantes da qual a ciência tem evidências. Tudo começou na reserva natural de Xishuangbanna, na fronteira com o Laos e a Birmânia.

Imagem: Liam Read / Unsplash

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(13/19)
Mais de 400 pessoas cuidavam do bem-estar da manada

Os drones monitoram a caminhada dos elefantes e, ao redor deles, mais de 400 pessoas participam, discretamente, do dispositivo de alerta e proteção para paquidermes errantes.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(14/19)
Um rastro de destruição

Esses elefantes deixaram atrás destruição e perdas para os fazendeiros das áreas que visitaram. Eles comeram plantações, derrubaram celeiros e outras construções agrícolas. Inclusive entraram nas cidades e beberam água das torneiras. Segundo as autoridades chinesas, causaram prejuízos superiores a um milhão de euros.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(15/19)
O descanso dos elefantes

Por outro lado, a atenção constante dos drones  também ofereceu momentos tão sublimes e raros como dos elefantes dormindo, deitados.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(16/19)
Um itinerário indefinido

Os pesquisadores estavam surpresos com a trajetória desse grupo de elefantes. Eles andavam em direção ao norte, mas faziam curvas e marcavam um itinerário inexplicável.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(17/19)
Poucos elefantes na China

O elefante asiático (foto), como muitos outros belos animais do planeta, está em perigo de extinção e ainda é exibido em zoológicos. No sul da China, na área de origem desse grupo, há cerca de 150 indivíduos.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(18/19)
Um líder sem objetivo

Alguns cientistas acreditam que por trás dessa jornada errática, havia um líder muito jovem, impulsivo e inexperiente.

Retrospectiva 2021: o final feliz dos elefantes que viajavam sem rumo pela China
(19/19)
Fim da história

A história dos 15 elefantes longe de casa vai, com toda certeza, render muita investigação sobre seu comportamento e trazer à tona fatos nunca antes conhecidos sobre sua capacidade mental.

Más para ti